Coluna Especial

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 28/07/2017

E se você encontrasse o gênio da lâmpada?

O mineirinho encontrou. O gênio já foi logo dizendo: Você tem direito a três pedidos, vamos lá, é só pedir que eu realizo na hora! O mineiro nem pensou, mandou ver o primeiro pedido, eu queria um queijo! Pim! Surgiu um super queijo bem a sua frente, ele saboreou vagarosamente cada pedaço sem nem se incomodar com a presença do gênio. Terminado o queijo, o gênio falou, pode pedir o segundo desejo. O mineirinho pensou um pouco e mandou ver, quero mais um queijo! Pim! Mais um super queijo e a cena se repetiu. Queijo terminado, o gênio disse, ainda tem mais um último desejo, pode falar. Depois de muito ponderar, pensar e calcular, o mineirinho pediu, quero uma loira. Pim! Surgiu uma bela loira. O gênio não se conteve e disse: você poderia ter resolvido a sua vida, ter pedido uma fortuna, bens, mas gastou seus três pedidos com dois queijos, por que? Mineirinho encabulado, abaixou a cabeça e respondeu: porque eu fiquei morrendo de vergonha de pedir três queijos!

 

Já ri muito com a piada acima. Porém sempre que penso nela, chego a conclusão que ela é mais que uma piada, pois rir do mineirinho é fácil, difícil é estar no lugar dele. Imagine você com a possibilidade de fazer três pedidos que tivessem realização imediata. Pense em quantos se perderam reféns da luxúria proporcionada pelo dinheiro, ou em quantos se iludiram com a fama instantânea e terminaram nas drogas, ou quantos ficaram desvairados com cargos que conferiam poder para na sequência transformarem-se em tirânicos cínicos. Imagine…

 

A princípio parece óbvio o que pedir, mas não é tão óbvio assim, basta sermos realistas e vermos o tanto de “não” que recebemos de Deus em nossas orações. Ele sabe a hora do “sim” e a hora do “não”. Ele sabe quais são as situações que suportamos, que não ameaçam nossa fé, que não nos seduzem, que não nos engolem. Somente Ele sabe com perfeição o que de fato é melhor para cada um de nós. Tiago 4:3 é direto e reto sobre nossa incapacidade de fazer bons pedidos: “Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para gastardes em vossos deleites.” Ou seja, todos nós temos muito do mineirinho, todos nós temos os nossos “queijos” que nos cegam diante de grandes oportunidades que deixamos passar.

 

Francis Bacon tem uma afirmação preciosa que deveríamos dar valor: “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria”. Saber perguntar pode redirecionar toda nossa vida. Pense em quantas pessoas pediram coisas a Jesus e obteve dele uma pergunta. Alguns exemplos: Credes vós que eu possa fazer isso? Mateus 9:28, Que queres que te faça? Marcos 10:51, Não foram dez os limpos? E onde estão os nove? Lucas 17:17, Que buscais? João 1:38, Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? João 8:10, Credes, agora? João 16:31.

 

Boas perguntas provocam bons debates, boas reflexões e bons pedidos. Gênios, você sabe, não existem. Cristãos, no entanto, cada um em seu passado num caminho errante, acabou por encontrar uma lâmpada. Esta lâmpada, também conhecida como a Palavra de Deus, jamais deixou de iluminar a caminhada. Nela aprendemos a fazer bem mais que três pedidos. Aprendemos a ouvir, adorar, obedecer, ensinar, interceder, clamar, suplicar, perguntar, agradecer, aprendemos enfim a nos relacionar com Aquele que pode todas as coisas, inclusive falar “não” aos nossos pedidos e, mesmo sendo Deus, respeitar os limites das nossas perguntas nos dando respostas ou, muitas vezes, novas perguntas.

 

A questão não é se você encontrasse o gênio da lâmpada. A questão é que já encontramos a lâmpada e nos rendemos ao Verbo Vivo revelado na Palavra, o Cristo que desconhece derrotas e impossíveis. Se na fábula as pessoas precisam esfregar a lâmpada para verem o gênio, na vida de fé não seria necessário nos apegarmos mais a lâmpada da Palavra? Não deveríamos ouvir mais o que Ele tem a nos dizer através da Sua palavra que é nova a cada manhã? Reflita. Responda. Pense. Questione. Pergunte. E então peça. Tenho plena convicção que Ele, pouco a pouco, como a luz ao nascer do dia, vai se revelar a você.

 

GUIAME