Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 04/08/2014

Edir Macedo nega doação para campanha de Dilma Rousseff

imagesÉ conhecida a ligação do bispo Edir Macedo com a presidente Dilma Rousseff. Ele declarou seu apoio a ela nas eleições de 2010. Durante o mandato, o senador Marcelo Crivella (PRB), sobrinho de Edir e bispo licenciado da IURD, foi Ministro da Pesca de Dilma.

 

Durante a inauguração do Templo de Salomão, no dia 31 de julho, vários políticos estiveram com Edir e a liderança da Igreja. No dia seguinte começou a circular na internet a informação do jornalista Jorge Serrão, veiculada no site Folha Política, que o bispo teria doado R$ 10 milhões à campanha de reeleição.

 

Diversos sites e blogs reproduziram a informação, que também foi bastante divulgada e comentada nas redes sociais. Dada a repercussão, a Igreja Universal do Reino de Deus, através de seu site oficial desmentiu que isso tenha ocorrido.

 

A nota publicada no site da Universal foi enfática: “Não bastasse a mentira, o texto ainda é carregado de odioso preconceito e chacota gratuita com a fé de milhões de adeptos da fé cristã”.
Com a proximidade das eleições, tem sido amplamente divulgado pela imprensa a tentativa dos candidatos de se aproximar das igrejas evangélicas. Embora o culto de inauguração do Templo na capital paulista tenha sido um evento religioso, teve seus momentos políticos.

 

Diante das cerca de 10 mil pessoas presentes, incluindo a presidente, o governador de São Paulo, além de prefeitos de 12 capitais e ministros de Estado, em determinado momento, o bispo Rogério Formigoni, que é um ex-viciado em crack e hoje é conhecido na IURD pelas suas campanhas de combate às drogas, afirmou que o governo “investe tanto em tratamentos que não dão certo”, mas que só a fé oferece a cura. Perto do final da cerimônia, o bispo Macedo leu uma passagem bíblica, e fez uma oração que reflete a preocupação de muitos brasileiros.

 

Além de pedir a Deus “algo novo na vida de suas criaturas”, emendou: “Porque o teu povo está cansado de sofrimento, cansado de derrotas, de fracassos familiares, fracassos na saúde, fracassos na segurança e em todos os sentidos. Não há paz, mas com o teu Espírito, meu Pai, nós caminhamos com a paz onde quer que nós formos”.

 

Segundo o site IG, essa seria uma forma indireta de se criticar as principais deficiências do país nas áreas de saúde e segurança, as principais preocupações dos eleitores.