Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 05/03/2015

Equipe de Gugu pagou R$ 2 milhões pela entrevista com Suzane Von Richthofen, diz colunista

31 Ao que tudo indica, a polêmica entrevista que Suzane Von Richthofen deu ao apresentador Gugu Liberato na estreia do seu programa, na última terça-feira, não foi espontânea. Segundo o colunista Léo Dias, do jornal ‘O Dia’, a equipe do apresentador teria pago R$ 2 milhões pela conversa e ainda afirmou que esse dinheiro seria usado na defesa de Suzane.

 
Ao saber dos rumores, Gugu afirmou que a produção do programa conseguiu convencer Suzane a falar por intermédio de sua namorada, Sandra Regina, detida também no presídio de Tremembé, em São Paulo.

 

“Sandra me contou que sua mãe era minha fã, e quando esteve foragida, a mãe dela disse: ‘o Gugu uma vez se vestiu de mendigo e conseguiu umas moedas, sempre tem alguém disposto a te ajudar’. Suzane, estava nervosa, mas não fez exigências, apenas pediu a foto da família dela, que eu tinha levado impressa em um papel. Ela não tinha nenhuma foto dos pais na cadeia”, disse em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

 

Após ter ficado conhecida nacionalmente por ter protagonizado um dos crimes mais bárbaros do país, Suzane Von Richthofen falou sobre o assassinato dos pais, em 2002, pela primeira vez na televisão. Em entrevista ao apresentador Gugu Liberato, Suzane contou como conheceu Daniel e admitiu ter passado a consumir drogas quando estava com o então namorado.

 

“Ele era instrutor de aeromodelismo do irmão e foi minha mãe que me apresentou a ele. Fomos nos aproximando aos poucos e começamos a namorar. Minha mãe não gostava dele. No começo, sim, como amigo, instrutor, mas não como meu namorado, não como alguém para fazer parte da minha vida. Quando o relacionamento começou a ficar sério, ela passou a conhecê-lo. Quem era o Daniel, a vida dele em si. E ela passou a não gostar mais, ela me dizia que ele ia me levar para o buraco, eu não acreditava. Começou a cortar o relacionamento e eu comecei a namorar escondido com ele” , contou.

 

Suzane conta que se apaixonou por Daniel porque ele a apresentou a uma vida completamente diferente da que ela tinha em casa. “Minha casa era toda certinha, hora de almoçar, jantar, dormir, todo mundo junto, só podia sair sexta e sábado. Tudo certinho. toda regrada e ele me apresentou uma vida completamente diferente, não tinha hora para chegar, sair. Uma vida do “tudo pode”. De repente conheci uma vida que era livre. Ao lado dele, me sentia livre. Mas era mentira. Eu não era livre”.

 
Sobre o crime, ela negou ter sido a mentora. “Não é verdade. Uma cabeça só não pensa em tudo. É uma junção de tudo, concorrência de ideias. Eu fiz parte, mas os três bolaram aquilo. Eu acho que o Cristian sabia menos da situação, mas infelizmente tanto o Daniel quanto eu temos culpa nessa parte. Isso é uma coisa que não tem como esquecer, não fazer parte. Faz parte da minha vida, da minha história e eu me arrependo”, lamentou.