Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 01/08/2015

Escolas da educação infantil receberão brinquedotecas

3172015175355 (1)“Todas as escolas municipais, que possuem Educação Infantil, receberão brinquedotecas”. O anuncio foi feito pela secretária de Educação, Jayana Ribeiro, durante a abertura do workshop “Brinquedoteca Escolar: Espaço Criativo de Vivências e Convivências”, realizado nesta sexta-feira, 31, na Fundação Senhor dos Passos, bairro Baraúnas.

 

O evento, que discutiu a importância do brincar e a organização do espaço físico da brinquedoteca, reuniu professores, coordenadores pedagógicos e diretores das escolas municipais. “Além de pensarmos em estruturas físicas adequadas para as crianças da Educação Infantil, nossa preocupação é formar os professores para que atendam da melhor forma possível as necessidades destes alunos”, explica a secretária, Jayana Ribeiro.

 

O primeiro momento do workshop trouxe para os presentes uma exposição do material que compõe as brinquedotecas e ideias de itens que podem ser construídos com materiais reciclados. A apresentação do evento ficou por conta dos fantoches “Luquita” e “Lalinha”, representados pelo professor e ator Luciano Freire, e pela diretora da pré-Escola Municipal Judite Alencar Marinho, Luciene Azevedo Dias, respectivamente.

 

Cerca de 20 alunos da Escola Municipal Dagmar Silva, localizada no bairro Baraúnas, apresentaram com música e dança o “O Universo do Brincar”. “Brincar mexe com todas as funções do corpo da criança. A apresentação trouxe a dimensão do brincar e sua importância no desenvolvimento infantil, pois estamos vivendo uma época em que nossos alunos preferem a tecnologia”, explica a coordenadora pedagógica da escola, Karine Oliveira dos Reis Sousa.

 

“Crianças não conseguem ficar paradas”, afirmou a professora mestre Simone d’Almeida, coordenadora da brinquedoteca da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), durante a palestra com o tema: “Importância do brincar e da Brinquedoteca Escolar como espaço de expressão e desenvolvimento social da criança”, num segundo momento do workshop.

 

“Mesmo crianças que são obrigadas a trabalhar desde cedo, conseguem encontrar um tempo para brincar, basta que se observe bem para perceber. Elas querem e precisam brincar o tempo inteiro, pois possuem muita energia para colocar para fora. Hoje em dia, muitas crianças não encontram espaço para estes momentos tão importantes”, explica Simone.

 

Para a professora Tailane Santos Moreira, o workshop foi importante para ensiná-la a utilizar da forma mais produtiva o espaço da brinquedoteca. “A questão não é apenas brincar, as crianças estão lá para aprender também, interagindo com os professores e umas com as outras. Acredito que daqui levarei novas formas de usar os brinquedos que temos na escola e como desenvolver outras atividades”, conta Tailane.

 

No período da tarde, foram apresentadas as oficinas pedagógicas relacionadas ao tema central. A exposição da brinquedoteca estará aberta à visitação, na Secretaria de Educação, entre os dias 4 e 7 de agosto.

 

Secom