Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 04/01/2016

Espaço para pedestre em passeio do MAP é superior ao preconizado pela lei

Reinaugura__o-MAP-Fotos-Washington Nery-29-12-15 (4)Entregue totalmente reformado à comunidade na terça-feira (29), o Mercado de Arte Popular, um dos prédios mais importantes do patrimônio histórico de Feira de Santana e tombado pelo IPAC, preserva, em seu passeio público, 1,70 metro de área livre para o pedestre. A informação é da Secretaria Municipal de Planejamento.

 
O esclarecimento está sendo feito a propósito de divulgação em rede social, por ex-candidato a vereador e oposicionista do Governo, de que o projeto de proteção do imóvel não teria atendido ao que preconiza a legislação de mobilidade urbana. Segundo o boato, o espaço destinado ao pedestre no passeio do MAP seria inferior a 1,20 metro, depois da reforma.

 

Na realidade, o espaço para o fluxo das pessoas na calçada do Mercado de Arte Popular é bem acima do que exige a lei, ultrapassando os 50%. Em um trecho apenas, onde existe poste de energia elétrica, a área livre diminui de 1,70 metro para 1,50 metro, o que ainda assim é superior ao determinado na legislação.

 

A proteção, por meio de grade, é uma medida necessária para reduzir o risco da ação de vândalos. O prédio já foi alvo de diversas formas de ataque, até mesmo de indivíduos que defecam nas paredes, durante as madrugadas.

 

O Mercado de Arte Popular já está pronto para voltar a receber o seu variado comércio, com destaque para o artesanato regional. No dia 4 de janeiro os comerciantes já estarão de retorno ao equipamento, após um período alojados em um espaço alternativo no centro da cidade.