Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 23/09/2017

Estudante se torna multiplicador de informações sobre benefícios sociais

Alunos da rede pública estão recebendo, em Feira de Santana, informações sobre o direito e a acessibilidade a programas sociais por parte das pessoas de baixo poder aquisitivo. O objetivo é fazer com que eles possam se tornar multiplicadores dessas orientações, em condições de alertar aos pais e outros familiares sobre como obter os benefícios, com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso). Nesta quinta-feira, 21, o trabalho foi feito com os alunos da Escola Estadual Durvalina Carneiro, no bairro Santo Antônio dos Prazeres.

 

A iniciativa é do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) instalado no bairro, ao participar do “TransformaÊ: Escola – Comunidade – Ação”, projeto do Governo do Estado que visa divulgar junto a comunidade todos os projetos desenvolvidos durante o ano letivo na unidade escolar.

 

A coordenadora do CRAS do Santo Antônio dos Prazeres, Ivanete Rios, explica que os jovens são excelentes multiplicadores de informações e que alertam os pais e familiares sobre os direitos e as formas de acessos aos benefícios. “Aproveitamos a oportunidade para informar que estão sendo feitos novos cadastramentos para acesso ao Bolsa Família, além do programa ID Jovem, o Benefício de Prestação Continuada e o cadastro no Número de Inscrição Social (NIS). A ação foi desenvolvida com a participação da assistente social Geisa Sena, a orientadora social Thays Oliveira e a estagiária Edvânia Cerqueira.

 

O projeto envolveu todos os alunos dos três turnos, sob a coordenação do diretor Yanez Marcelo de Cerqueira Freitas. E atraiu pessoas da comunidade para conhecerem todas as ações que durante o ano letivo são desenvolvidas na unidade de ensino, muitas das quais extrapolam os muros que limitam o espaço do equipamento público.

 

Os estudantes apresentaram os projetos com foco em diferentes áreas. Dentre elas o uso de ervas medicinais, o conhecimento de países através de suas culinárias, a importância da agricultura familiar, o mapeamento do Brasil pela sua produção agrícola e o desmatamento da Amazônia, a literatura de cordel, processo de produção em uma casa de farinha e a estrutura e origem do próprio bairro Santo Antônio dos Prazeres.

 

Secom