Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 21/08/2015

Estudantes são alvo de campanha contra hanseníase

2082015114942Os estudantes das escolas públicas municipais de Feira de Santana, na faixa etária de 5 a 14 anos, serão o foco da campanha de Busca Ativa de Hanseníase, Verminoses e Tracoma, a ser realizada no período de 1° a 30 de setembro. O objetivo é reduzir o número de casos das doenças através da detecção precoce e início imediato do tratamento. No caso da hanseníase a campanha pretende quebrar a cadeia de transmissão.

 

“Sendo diagnosticada alguma criança com o problema da mancha com perda de sensibilidade no local, característica da hanseníase, a gente vai imediatamente dar início ao tratamento e fazer a busca ativa domiciliar para identificar possíveis casos também nas residências”, explica Fabiana Porto Silva, técnica de referência em hanseníase, da Secretaria Municipal de Saúde.

 

De acordo com a Fabiana, “as pessoas que convivem com um doente sem tratamento devem ficar atentas, pois a hanseníase passa de um indivíduo para outro por meio das vias respiratórias, tosse, espirro e secreções nasais, frequentes no convívio familiar”.

 

Enfermeiros especialmente capacitados com essa finalidade pela Vigilância Epidemiológica do Município vão fazer as visitas nas escolas durante o mês de setembro, com palestras educativas sobre como prevenir as doenças. Durante a campanha os alunos também serão medicados preventivamente contra vermes e o tracoma, uma doença que quando não tratada pode levar à cegueira.

 

Caso os pais de algum aluno não concordem que seu filho participe da campanha, deverão preencher o Termo de Recusa e entregar na diretoria da escola. Em caso contrário, os profissionais de saúde poderão examinar os alunos e se necessário aplicar medicação.

 

Em 2014 foram registrados 97 casos novos de hanseníase em Feira de Santana. O município pertence a uma área considerada endêmica, daí a importância da campanha, em parceria com o Ministério da Saúde.