Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 22/07/2014

Estudo aponta que a maioria de jovens evangélicos é contra o casamento gay

casamento-gay1Recentemente, o “Baptist Press” divulgou um estudo entre jovens evangélicos norte americanos a respeito da aceitação social do casamento gay. Os números levantados pela pesquisa mostrou que a grande maioria desses jovens não apoia a união entre pessoas do mesmo sexo.

 

Os números levantados pelo estudo mostram que apenas 11% dos jovens evangélicos entrevistados, com idades entre 18 e 39 anos, afirmam apoiar o casamento gay. Enquanto a união ente pessoas do mesmo sexo é pequena entre os evangélicos, tal situação se inverte entre aqueles que se identificam como agnósticos, ateus, protestantes liberais e católicos.

 

A pesquisa mostrou também um dado curioso, enquanto 11% dos jovens evangélicos apoiam o casamento entre pessoas do mesmo sexo, o número é ainda menor quando se trata de casais não casados morarem juntos. Apenas 5% dos evangélicos são a favor da coabitação entre casais não casados.

 

A situação é similar quando o assunto abordado é o aborto. De acordo com o mesmo estudo, apenas 6% dos evangélicos aceitam a prática, que é apoiada por 70% dos entrevistados de outras crenças.

 

A polêmica do casamento gay

 

O tema é polêmico, e já motivou divisões em denominações cristãs. Recentemente, a Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos realizou uma votação para decidir se permitiria a realização de casamentos homossexuais em seus templos. Com 76% de aprovação, a Assembléia Geral que reuniu 1,8 milhão de membros da Igreja Presbiteriana tornou a denominação a primeira das grandes igrejas protestantes do país a dar um passo em direção à aceitação do casamento gay.

 

Apesar da aprovação, tal medida dividiu opiniões na igreja, e os opositores à realização de casamentos gays nas igrejas Presbiterianas disseram que a aprovação dessa medida entra em conflito com as Escrituras e causaria uma divisão na denominação.