Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/01/2017

Evangelista pede que arco-íris seja resgatado do movimento gay: “Representa a aliança de Deus

3865729825-lgbt-arco-irisO pastor e cientista criacionista do Estado de Kentucky (EUA), Ken Ham decidiu decorar a réplica em tamanho real da Arca de Noé – que ele inaugurou recentemente como um museu em forma de parque – com as cores do arco-íris e aproveitou para exortar os cristãos sobre o real significado de aliança com Deus que o fenômone da natureza tem (em vez de representar o movimento dos direitos dos homossexuais, como acontece atualmente).

 

Ken Ham, o evangelista nascido na Austrália que chefia o ministério criacionista “Answers in Genesis” (“Respostas em Gênesis”), baseado em Petersburgo, Kentucky, diz que o propósito bíblico do arco-íris é simbolizar uma aliança divina com Noé.

 

“Depois do Dilúvio, Deus fez uma aliança com Noé, sua família, seus descendentes e as criaturas vivas na Arca”, escreveu Ham no site de seu ministério. “O sinal desta aliança foi o arco-íris”.

 

“Ainda hoje o arco-íris representa a aliança eterna entre Deus e toda criatura viva que está sobre a terra”, acrescentou.

 

Agora, Ham está chamando os cristãos para “resgatarem este significado do arco-íris”.

 

“Nos últimos tempos, o arco-íris (embora com algumas cores diferentes) passou a representar algo muito diferente”, disse Ham. “Para muitas pessoas ele significa liberdade, amor, orgulho, uma nova era e especificamente, o movimento LGBT”.

 

“Mas o arco-íris em si não foi projetado para ser um símbolo de liberdade, amor, orgulho ou do movimento LGBT”, escreveu Ham. “Deus criou este belo e colorido fenômeno e o designou como um sinal de Sua aliança com Noé e seus descendentes para sempre”.

 

O cientista cristão lamentou que atualmente, o real significado do arco-íris tenha sido distorcido com o passar do tempo.

 

“Infelizmente, as pessoas ignoram o que Deus pretendia que o arco-íris representasse e orgulhosamente acenam bandeiras de arco-íris, desafiando o comando e o projeto de Deus para o casamento”, escreveu ele. “Por causa disso, muitos cristãos evitam usar as cores do arco-íris”.

 

“Ele já era um símbolo das promessas de Deus antes do movimento LGBT e continuará a ser depois que o movimento acabar”, acrescentou. “Como cristãos, precisamos tomar o arco-íris de volta e ensinar aos nossos jovens o seu verdadeiro significado”.

 

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO DAILY MAIL