Esportes

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 05/12/2014

Evitando e identificando os tipos comuns de cafajestes

04-06-2014_18_41_15_Uma primeira impressão ótima na mulher, um encantamento rápido e imediato sobre ele que pode produzir uma paixão em pouco tempo. Aos poucos, ele evita falar de paixão, diz que tem medo de se apaixonar e um “eu te amo” da boca dele é algo raro.

 

No começo, ele é divertido, boa praça, bom papo e adora brincar com as palavras para dizer algo carinhoso. O efeito disso tudo? Uma primeira impressão ótima na mulher, um encantamento rápido e imediato sobre ele que pode produzir uma paixão em pouco tempo. Aos poucos, ele evita falar de paixão, diz que tem medo de se apaixonar e um “eu te amo” da boca dele é algo raro.

 

Pronto: você se apaixonou por um legítimo cafajeste! “O cafajeste não é um lobo mau como se pensa, mas uma pessoa que gosta de viver intensamente aquilo que quer”, explica Frederico Mattos, psicólogo e palestrante, autor do livro “Como se libertar do ex” (Ed. Matrix). Mas, ressalta, esse comportamento intenso implica numa verdade superficial em relação às atitudes que engana os olhos de quem vê.

 

“Mas não há uma característica inicial que possa diferenciar um cara legal do cafajeste. Caso contrário, nenhuma mulher cairia no ‘conto do vigário’. O cafajeste será percebido no médio e longo prazo, pois ele será mais ausente, vazio nas promessas, oscilando nas atitudes e sendo bem raso naquilo que faz”, afirma o psicólogo.

 

Segundo Frederico, um perfil de mulher que costuma ser alvo dos homens cafajestes é aquela que se imagina sendo capaz de mudar o jeito de outra pessoa. “Tem também a mulher ingênua e carente que acredita em tudo sem notar as contradições e prefere embarcar numa história duvidosa entrando de cabeça sem se assegurar do rumo que o falso relacionamento está tomando”, conta o psicólogo.

 

O tipo cafajeste sabe mexer com a vaidade de uma mulher e dizer o romantismo no pé do ouvido que ela irá se derreter. Ele sabe que, se a promessa for grande, a mulher cairá pois vai se sentir como uma sortuda e privilegiada. Esse perfil pode ser equivalente ao de um “estelionatário do coração” porque vai querer extrair algo e dificilmente prometer o que cumprir. “O cafajeste sempre conta com aquela esperança súbita de enriquecimento, nesse caso, o de relacionamento sério”, afirma.

 

“As mulheres gostam da leveza, do desprendimento e da desenvoltura sexual do cara cafajeste, que só pensa nele. Se um cara que está disposto a se comprometer conseguisse ter essa postura também conseguiria conquistar o coração da garota. Mas, normalmente, os homens que se dispõem a namorar se revestem de um jeito pesado, metódico e sério como se isso fosse sinal de maturidade. Maturidade tem a ver com comprometimento, mas não com rigidez”, adverte Frederico Mattos.

 

Como saber, então, se o cara está de fato comprometido com o namoro e você? “Ele está fisicamente e emocionalmente presente quando está com a mulher. Você nota a consistência entre o que e dito e o que é feito ao longo do tempo. Além do mais, as escolhas feitas pelo cara comprometido é que ele pensará no bem-estar do casal e não apenas nos interesses dele”, completa o psicólogo.

 

Tempo de Mulher