Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 07/06/2016

Ex-criminoso visita prisões para falar sobre sua conversão: “Eu vivia acima da lei”

ec8db13c-d8f0-4a9e-a1b5-f85ad097bc21

Aos 49 anos, o missionário britânico John Lawson tem uma ficha repleta de crimes, que tiveram um ponto final quando Jesus Cristo entrou em sua história. Hoje, ele viaja por diversas prisões do mundo para compartilhar suas experiências.

 
Sua vida no crime começou aos 13 anos, com pequenos furtos nas ruas de Birkenhead, na Inglaterra. Anos depois, John se mudou para os Estados Unidos a fim de estudar em Boston, Massachusetts, e permaneceu cometendo furtos.

 
“A única forma de eu não ser expulso [da escola] seria sendo um bom jogador de rugby”, relata. “Eu não era bom o suficiente para ser um jogador de rugby, então fui treinando”.

 
Na época, John começou a trabalhar nas portas de um clube, roubando turistas que frequentavam os sex shops da região. Após ser detido pela polícia, o jovem foi conduzido de volta para a Inglaterra, onde se juntou a uma gangue de motoqueiros.

 
Sua segunda passagem na prisão foi marcada por um sequestro, que ele cometeu durante a abertura de uma loja de filmes pornográficos. “Eu estava vivendo acima da lei”, relembra.

 
No entanto, sua última prisão foi o passo para uma mudança de vida. Enquanto John planejava um novo sequestro na Espanha, ele foi preso por tentativa de extorsão. Seus bens foram apreendidos e não restou mais nada para ele.

 
Mas não foi o mandato de prisão que levou John se converter. Foram alguns biscoitos.

 
Depois de meses ignorando os convites para fazer parte dos estudos bíblicos dentro da cadeia, John decidiu acrescentar Deus em sua lista de vítimas. “Eu fui para o grupo de estudos bíblicos para roubar os biscoitos que eram entregues como oferta. Eu sabia uma coisa sobre os cristãos: quando oravam, eles fechavam os olhos”.

 
No entanto, enquanto esperava o momento certo para atacar, os louvores o levaram às lágrimas. Naquela noite, quando ele abriu sua Bíblia nas palavras do livro de Ezequiel 33:19, ele se inspirou para uma mudança: “Se um ímpio se desviar de sua maldade e fizer o que é justo e certo, viverá por assim proceder”.

 
“Eu estava sentado na minha cela, e foi como se eu estivesse olhando em um espelho. Eu sabia que era comigo. Eu era o homem ímpio”, relembra John.

 
John continua frequentando as prisões, mas agora para falar do irresistível amor de Jesus Cristo, compartilhando sua história de vida.

 
GUIAME