Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 22/05/2018

Exemplo: Ex-aluno do EJA chega a duas graduações

O programa Educação para Jovens e Adultos (EJA) é parte do seu passado e presente. Atualmente na Divisão de Educação para Jovens e Adultos da Secretaria Municipal de Educação e professor da Escola Municipal Raul Ribeiro de Oliveira, Gilmar Azevedo  é fruto desta iniciativa em Feira de Santana.

 

Hoje, com duas licenciaturas – em Pedagogia e Ciências Biológicas –, ele enxerga na primeira edição do EJA em Foco, projeto realizado no último sábado, 19, pela Secretaria Municipal de Educação, um espaço de valorização destes alunos.

 

Mais de 200 estudantes e professores de 15 escolas da Rede Municipal de Ensino estiveram presentes ao evento. “Este foi um momento que eu gostaria de ter participado quando era estudante. O aluno do EJA precisa ser visto também como um ser social e cultural, deve ser incentivado a buscar o conhecimento, a entender a importância do estudo. Deve se sentir potencializado. Isto foi notório durante este encontro. Além de lhes proporcionar este espaço de visibilidade, faz com que saiam dos muros de suas escolas. Compartilhem seus saberes e também adquiram”, afirma Gilmar.

 

O EJA em Foco teve uma programação diversificada, voltada ao desenvolvimento socioeducativo dos alunos, aliando momentos de ludicidade à aprendizagem. Estudantes e professores puderam participar de atividades como a oficina de “Gameficação no EJA: interagindo com o conhecimento” – oferecida pelo Núcleo de Tecnologias da Seduc, que abordou aspectos pedagógicos de jogos online e como utilizar as Ferramentas Google vinculadas ao e-mail –; aula de zumba, cuidados com a saúde como aferição de pressão e glicemia, e também serviços estética de maquiagem e corte de cabelo.

 

O projeto promoveu espaços como o Cantinho da Leitura e oficina de aromatizantes levados, respectivamente, por alunas da Faculdade Anísio Teixeira e Universidade Estadual de Feira de Santana. A programação também contou com apresentação musical dos alunos do Centro de Educação Monteiro Lobato, peça teatral de alunos da APAE, de jogos pedagógicos pelos alunos do Centro Integrado de Educação Municipal Joselito Falcão de Amorim e exposições de trabalhos.

 

Segundo Marly Damasceno, integrante da Divisão de Educação para Jovens e Adultos da Seduc e coordenadora do evento, além de conferir maior visibilidade aos alunos e professores do EJA em Feira de Santana, o projeto também visa ampliar o significado e abrangência dos sábados letivos.

 

Secom