Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 28/01/2015

Exposição no Parque do Saber atrai centenas de visitantes

unnamed (2) Aberta no Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo desde o dia 14 deste mês de janeiro, a exposição do acervo do Museu Geológico da Bahia já atraiu 463 visitantes somente até o final de semana. E quem for ao equipamento público mantido pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Fundação Egberto Costa, terá a oportunidade ímpar de conhecer de perto as 119 peças do acervo, dentre meteoritos, rochas, recursos minerais, fósseis, pedras ornamentais, gemas, petróleo e seus derivados e também informações sobre o sistema solar e o universo.

 
Dentre os fósseis em exposição, um osso de uma preguiça gigante, datado entre 2 milhões a sete mil anos atrás. Também um osso fossilizado de um mastodonte, animal que teria vivido em território baiano há mais de 11 mil anos e que se assemelhava a um elefante, o de um peixe fossilizado, madeira fossilizada e o de um pseudo-fóssil.

 

Dentre as peças em exposição ainda estão meteoritos, como o Santa Catarina, achado em 1975, em Santa Catarina; o Campo Del Cielo, achado em Choco, na Argentina, e o Uruaçu, achado em Goiás, em 1992.

 

Os visitantes também podem conhecer os recursos minerais, pedras ornamentais e gemas, a exemplo de Magnesita, manganês, grafita, talco, falena, vanadinila, bauxita e rochas. E dentre as gemas estão esmeraldas, turmalinas, jaspe, topázio, além de pérola e ouro.