Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 29/06/2016

Feliciano lamenta saída de Ana Paula Valadão das redes sociais: “Perdemos uma voz na luta”

ana-paula-valadao

O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) comentou a saída da cantora e pastora Ana Paula Valadão das redes sociais, e disse lamentar que a intolerância dos usuários discordantes de suas ideias e crenças a tenham vencido.

 
A líder do ministério Diante do Trono deixou as redes sociais na última semana após ser duramente criticada por publicar uma imagem sua no velório de sua avó, dona Theonila, ao lado do caixão, na última semana.

 
No entanto, Ana Paula Valadão já vinha sendo criticada nos últimos meses por sua postura conservadora a respeito das novas tendências de moda, que sugerem roupas sem gênero. Inclusive, ela chegou a propor boicote à rede varejista C&A.

 
“Lamento a saída de Ana Paula Valadão das mídias sociais. Em 2013 ela postou um vídeo dizendo que Precisamos Aprender com os Gays. Questionei o vídeo pois senti que havia sido gravado pra mim. Curiosamente o vídeo desapareceu das redes sociais e YouTube. O tempo passou. Três anos depois Ana, que me enxergava como medieval, tornou-se alvo das críticas do movimento que tentou defender. Eu realmente sinto muito”, escreveu Feliciano em seu perfil no Twitter.

 
“Infelizmente no caso da Ana, eles venceram. Conseguiram o que queriam. Triunfaram. Calaram-na. Perdemos uma voz que tardiamente entendeu. Martin Luther King disse: ‘O que me assusta não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons’. Perdemos uma voz na luta contra a ideologia de gênero. Benedito Ruy Barbosa; Lech Walesa; Guido Barila; Patricia Abravanel; Danilo Gentille; e outros, todos foram calados com Ana Valadão. ‘E odiados de todos sereis por causa do meu nome’ Mt 10:22”, escreveu o pastor. “Suas mensagens farão falta Ana, você é líder, uma referência, se puder, volte”, pediu.

 
G NOTÍCIAS