Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 11/09/2017

Fundação Hospitalar de Feira de Santana define programações do Outubro Rosa e Novembro Azul

A Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS) já definiu a programação para o Outubro Rosa e o Novembro Azul 2017. As campanhas, respectivamente, têm como foco, em todo o país, alertar as mulheres para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama e do colo do útero, e a conscientização e incentivo da classe masculina para os cuidados com saúde, em especial, a prevenção com a realização de exames e o tratamento do câncer de próstata.

 

A edição deste ano, com o tema Fique de Olho na Prevenção, será lançada no dia 7 de outubro, a partir das 8h, no estacionamento da Prefeitura Municipal de Feira de Santana. A expectativa da Prefeitura Municipal de Feira de Santana é superar a meta, do ano anterior, de 3 mil mulheres atendidas.

 

Durante reunião realizada, no último dia 7, com centros de saúde envolvidos diretamente tanto no Outubro Rosa quanto no Novembro Azul, a presidente da FHFS, Gilberte Lucas, alinhou na programação ações que serão executadas através do Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez (CMPC), do Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem Dr. Eugênio Laurine (CMDI) e do Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher.

 

Entre os dias 16 e 31 de outubro as mulheres feirenses terão acesso gratuito a serviços de saúde como atendimento clínico, exames preventivos como ultrassonografia transvaginal, mamografia e preventivo feminino e, durante o Novembro Azul, os homens à ultrassonografia de próstata e de PSA [antígeno prostático específico]), além de encaminhamentos, quando necessário, para consultas com especialistas (mastologista, oncologista e, para os homens, urologista), bem como agendamento laboratorial em cada uma das campanhas.

 

“Durante a campanha, o agendamento para procedimentos relacionados apenas ao Outubro Rosa e Novembro Azul poderão ser marcados diretamente no CMPC, sem a necessidade de passar pela Central de Regulação”, explica Gilberte, salientando que exames e procedimentos realizados rotineiramente deverão obedecer critérios de agendamento via Central de Regulação.

 

Ela explica, ainda, que todos os outros serviços de saúde continuarão sendo oferecidos pelos centros municipais de saúde simultaneamente às campanhas.

 

“Os objetivos da Prefeitura e da Fundação são, principalmente, facilitar o acesso de homens e mulheres a exames de prevenção contra os cânceres de próstata, de mama e de colo de útero”, pontua.

 

A programação inclui também, no dia 9, participação especial no evento Sociedade em Ação – das emissoras de Rádio Sociedade AM e Princesa FM – com ações de divulgação e educativas que serão executadas por técnicos do Hospital da Mulher, a exemplo das enfermeiras do Banco de Leite Humano (BLH) que passarão orientações sobre aleitamento materno e autoexame de mama, além da oferta gratuita de aferição de pressão e testes glicêmicos.

 

Já no dia 10, às 8h, no CMPC, um café da manhã indicará o dia 16 de outubro como data inicial de abertura para agendamento de serviços gratuitos especializados voltados para as patologias específicas da campanha do Outubro Rosa.

 

No Hospital da Mulher, as pacientes da Casa das Puérperas terão atividades de lazer, como um ‘Dia de Beleza’. Já o corpo técnico da unidade de saúde, durante três meses (às segundas, quartas e sextas-feiras), terão acesso a terapias alternativas, como o Reiki (técnica japonesa de cura desenvolvida em 1922) que é responsável pelo restabelecimento do estado de equilíbrio natural, seja ele emocional, físico ou espiritual.

 

O cronograma de ações para o Novembro Azul será divulgado até o final de outubro.
Secom