Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 03/10/2017

Globo anuncia novela ‘O Outro Lado do Paraíso’ afirmando que o mundo vai acabar

A nova novela da TV Globo, O Outro Lado do Paraíso, vem sendo anunciada pela emissora como a substituta da atual e polêmica A Força do Querer. A estória a ser contada no novo folhetim envolve ambição, cobiça, vingança e outros sentimentos comuns às atrações globais. E a chamada destaca que o mundo acabará.

 

O autor da novela é Walcyr Carrasco, escritor que já produziu outras novelas com certa dose de polêmica junto ao público evangélico, como por exemplo em Amor à Vida, quando um culto foi retratado e gerou grande discussão por causa do convite feito ao cantor Kleber Lucas.

 
Agora, a atração vai contar com o Tocantins como cenário, falando sobre um triângulo amoroso entre os protagonistas, com uma disputa por riquezas naturais ao fundo. A direção artística da novela ficou a cargo de Mauro Mendonça Filho e direção geral de André Felipe Binder.

 

A atriz Fernanda Montenegro narra um trailer da novela, dizendo que “um dia o mundo vai acabar e restará apenas o Tocantins, com suas belezas, seus mistérios e suas histórias”. Entre os atores escolhidos, além da própria veterana, estão Lima Duarte, Marieta Severo, Laura Cardoso, Juca de Oliveira, Grazi Massafera, Sergio Guizé, Bianca Bin, Juliano Cazarré, Caio Paduan, Eriberto Leão, Erika Januza, Marcello Novaes, Gloria Pires, Bárbara Paz, Giovana Cordeiro e Mayana Neiva.

 

Polêmicas

 

A escolha da Globo para substituir a novela A Força do Querer pode ser uma tentativa da emissora de acalmar o público mais conservador que acompanha suas novelas. A atual, escrita por Glória Perez, aborda com tom de apologia questões como ideologia de gênero e tráfico de drogas, por conta da personagem vivida pela atriz Juliana Paes.

 

Walcyr Carrasco, sobrinho de um pastor presbiteriano, é um autor que costuma não atacar os evangélicos diretamente, e já foi escalado outras vezes para acalmar esse público, como em 2013, quando escreveu Amor à Vida e substituiu a polêmica Salve, Jorge, também de Glória Perez.

 

Em 2015, quando escreveu a novela Verdades Secretas, o autor mostrou uma cena em que uma modelo foi ajudada por um missionário após ter sido estuprada, além de dar destaque ao trabalho de evangelismo realizado por igrejas evangélicas na Cracolândia, em São Paulo.

 

GOSPEL+