Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 13/08/2014

Goleiro Bruno pede cancelamento de paternidade do filho de Eliza

downloadOs advogados de defesa do ex-goleiro Bruno Fernandes, considerado culpado pelo homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado de Eliza Samúdio, pediu ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) o cancelamento do registro de paternidade do filho da vítima, Bruno Samúdio de Souza.

 

A ação movida foi um pedido do ex-atleta e faz parte da estratégia de defesa do réu. O reconhecimento da paternidade pelo ex-goleiro foi publicado no dia 12 de julho de 2012 e o nome do jogador deveria constar na certidão de nascimento da criança. Na época, o processo, movido em nome da criança, pedia também pensão alimentícia.

 

As informações são do Correio.