Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 14/07/2017

Goleiro do Corinthians é batizado em igreja evangélica

Cássio, que atualmente defende as traves do clube Corinthians, foi batizado na igreja evangélica Voz Da Verdade em Alphaville, no município de Barueri, em São Paulo.

 

Depois de enfrentar muitos problemas em 2016, o goleiro começou o ano firmando sua fé, com a ajuda de aconselhamento pastoral e o apoio de sua noiva para que conseguisse superar diversidades .

 

Cássio falou em entrevista a programa de TV que mesmo consumindo bebida alcoólica como “válvula de escape”, ele percebeu que essa prática era errada para sua vida .

 

“Hoje já não bebo mais nada de álcool, tem um tempinho que abri mão disso. Comecei a frequentar a igreja, tem um pastor que me aconselha. Acho que comecei faz uns dois meses a ir e a ter novos hábitos, isso está me fazendo muito bem”, disse ele, em maio.

 

“Eu me sinto muito feliz. Desde que comecei a frequentar [a igreja], comecei a me arrepender muito de coisas que tinha feito e demorei a perceber. Isso faz parte do amadurecimento. Para mim, está sendo um momento novo, mas estou muito feliz por tudo que está acontecendo”, acrescentou.

 

O casal de pastores José Luiz e Rita Moisés, líderes da Igreja Voz Da Verdade, celebraram a nova fase do goleiro. “Quando estava sendo gerado, Deus já tinha propósito de salvação para tua alma”, disseram sobre Cássio.

 

“Cresceu,sofreu, lutou e se tornou campeão mundial. A partir daí, Deus cercou sua vida para fazê-lo mais que vencedor em Cristo Jesus”, continuou. “Grandes coisas estão por vir sobre tua vida. Admiro tua postura e caráter de um homem forjado pela vida e moldado por Deus”.

 

Cássio também destacou, no início do ano, a importância de sua noiva na caminhada cristã. “Ela está indo à igreja comigo. Hoje tenho uma mudança de hábito. Para mim, essas coisas que estou mudando na vida estão sendo positivas. Tenho de seguir isso. Ela é minha companheira”, ele revelou.

 

“Às vezes, uma mulher leva você para baixo, mas, às vezes, também ajuda a crescer. Ano passado tive a perda da minha avó, sempre foi a chefe da família. Foi bem difícil, coincidiu com minha perda de posição. Demorei uns dois ou três meses para entender tudo isso e começar uma mudança. Tive essa mudança e consegui evoluir”, disse o atleta.

 

AMAZONAS CRISTÃO