Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/06/2018

HGCA está preparado para demanda junina

O São Joao começa oficialmente em Feira de Santana, na quinta-feira (21), e após o último final de semana conturbado (com o registro de 18 homicídios), o Hospital Cleriston Andrade mesmo com a reforma e ampliação está apto a receber a demanda de pacientes deste período momesco. Apesar da unidade hospitalar não ser referência em queimaduras, durante os festejos juninos a demanda por paciente vítimas de acidentes de trânsito aumenta.

 

De acordo com o diretor geral do hospital, José Carlos Pitangueira, o hospital está apto para atender todos os paciente que se direcionar a unidade. “Mesmo com a reforma nós estamos preparados para o período junino para dar o melhor atendimento aos pacientes. Todo mundo sabe que o Cleriston não é o centro de queimados da Bahia. O hospital referência em queimadura é o HGE e o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. O que a policlínica e a UPA não conseguir resolver, claro que se preciso nós vamos dar o primeiro atendimento e temos preparo para isso”, ressalta.

 

Conforme Pitangueira a única apreensão é com os pacientes que vem de outras cidades. “A minha preocupação é uma só, porque no município que ocorre esse acidente, o hospital fica mandando os pacientes pela famosa ambulância terapia, e isso tem que ser regulado, mas se o estado do paciente tiver grave eu peço que pelo menos ligue para o Cleriston e avisem que está mandando o paciente”, orienta.

 

Pitangueira menciona que até o final de junho o Cleriston terá uma ‘cara nova’. “Até o dia 30 de junho, o Hospital Cleriston Andrade terá uma nova entrada na portaria principal, mudando todas as galerias. Um corredor é a sala de apresentação de um hospital e o nosso corredor vai ficar espetacular”, cita.

 

Ascom