Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 10/05/2016

Homem entre com “medida judicial” contra Deus

homem-contra-deus

Não é a primeira vez que alguém tenta processar Deus, mas chama atenção o fato de um israelita ter entrado com um requerimento desse tipo no tribunal de Haifa, Israel. Embora não tenha seu nome divulgado, segundo o Times of Israel, o queixoso alega que o Senhor possui uma “atitude negativa” para com ele.

 
A petição não traz nenhum tipo de descrição de como isso ocorreria ou que provas o homem teria para responsabilizar a divindade.

 
Essa “ordem de restrição”, impediria legalmente que Deus o prejudicasse ou mesmo que se aproximasse dele.
Havia três anos que o israelense alegava perseguição, tendo procurado a polícia em diversas ocasiões por causa disso. O israelita recebeu nada menos que 10 visitas de policiais à sua residência, pois dizia precisar ser protegido da “ira de Deus”.
O juiz Ahsan Canaan, que presidiu a sessão, declarou que o homem que entrou com o processo é “louco” e que “não precisava de ajuda do tribunal”, mas sim de “outro local”. O relatório de sessão divulgado à imprensa afirma simplesmente que “Deus não compareceu ao tribunal” e o caso foi encerrado. O atributo da onipresença não foi levado em conta.

 

GOSPEL PRIME