Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 22/01/2016

Homem tenta esfaquear pastor durante culto, mas cai repentinamente: “Poder de Deus”

1Uma igreja pentecostal na Colômbia tem afirmado que um homem armado com uma faca foi impedido ‘pelo poder de Deus’ de matar o pastor durante uma manhã de culto.

 

Um vídeo feito a partir das câmeras de segurança da igreja Pentecostal em Bosa – um distrito da capital, Bogotá – mostra um homem sentado em uma das cadeiras de plástico, à frente da igreja.

 

Em um dado momento (antes da pregação) ele se levanta, vai até onde o pastor está sentado e fala algo em particular para o líder cristão – que segundo relatos de membros da igreja, seria o aviso de que estava ali para matá-lo.

 

Já durante a pregação (momento 4:18 do vídeo), o homem armado vai até o púlpito, empunhando uma faca e tenta cumprir sua ‘promessa’, mas enquanto o pastor grita “há poder no nome de Jesus”, o rapaz simplesmente cai e começa a contrair-se.

 

Os membros da congregação correm para perto do homem armado e continuam repetindo a mesma frase com o pastor.

 

O fato ocorreu no dia 10 de janeiro (2016), segundo registros das câmeras de segurança e a igreja publicou o vídeo com estas imagens, usando a legenda “Homem encapuçado ataca um ministro, mas ele é superado pelo poder do nome dAquele que é Santo”.

 

Funcionários da igreja confirmaram que o agressor tinha dito ao ministro, antes do sermão, que estava ali para matá-lo, mas o ministro teria pedido ao rapaz para se sentar e assistir ao culto.

 

A igreja disse em um comunicado: “Agradecemos a Deus por sua fidelidade e misericórdia, sabemos que o anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra. Provai e vede que o Senhor é bom; Bem-aventurado o homem que confia nEle”.

 

“Nós temos um Deus de poder e seu nome é Jesus Cristo, no nome de Jesus há poder”.

 

Enquanto alguns comentaristas sugeriram que o incidente tinha sido encenado, o pastor insistiu em uma entrevista de rádio que o vídeo era genuíno.

 

Ele afirmou: “É 100% autêntico. O que aconteceu foi uma mostra do poder de Deus, nos protegendo do mal”.

 

“Ele [homem armado] me disse, ‘eu estou aqui para te matar’, antes de ter tentado me atacar. Mas eu disse-lhe para se acalmar, sentar e ouvir o resto do meu sermão, porque eu realmente não o levava a sério”, relatou.

 

“Eu só percebi o quão sério era aquilo quando eu o vi vindo em minha direção com a faca”.

 

Ele disse que a Igreja tinha deixado o suposto invasor ir e depois o pastot não quis apresentar queixa contra o rapaz.

 

O pastor Martin disse: “Estou confiante de que ele não vai tentar fazer isso novamente. Eu pensei em fazer uma queixa formal, mas eu decidi deixar o seu destino nas mãos de Deus”.

 

Clique no vídeo abaixo para conferir: