Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 12/03/2015

Homenagem de Marcelo Crivella ao Dia da Mulher é interpretada como machista e causa polêmica

marcelo-crivellaO senador Marcelo Crivella (PRB), bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, cometeu uma gafe em sua homenagem ao Dia Internacional da Mulher ao publicar uma frase de sentido dúbio em sua página no Facebook.

 

Com uma imagem de uma jovem de mãos unidas em posição de prece, acompanhada da frase “uma mulher de salto é poderosa, mas uma mulher de joelhos é invencível”, Crivella teve a intenção de homenagear as mulheres evangélicas, que são conhecidas no meio pela dedicação à oração, mas foi interpretado de forma diferente: como uma frase machista.

 

“Ainda não se sabe ao certo o que Marcelo Crivella quis dizer ao (tentar) homenagear as mulheres numa postagem hoje no Facebook. O fato é que pegou mal para o ex-bispo. A frase é ambígua o suficiente para irritar parte das homenageadas”, escreveu o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna Radar Online, no site da revista Veja.

 

A repercussão foi negativa porque muitos usuários da rede social entenderam que a frase fazia uma forte alusão à prática do sexo oral. Apesar do contexto em que o bispo se referiu, a solução foi apagar a publicação para evitar que a polêmica se estendesse ainda mais.

 

Os comentários na matéria publicada por Jardim variaram entre os que fizeram a associação proposta por Crivella em sua página, e os que entenderam justamente o contrário: “E ainda colocaram uma mulher parecida com a atriz do “50 tons de cinza”. Kkkkkkkkkk Esse […] é ungido mesmo”, escreveu um internauta.

 

Outra leitora seguiu a linha compreensiva e criticou quem entendeu errado: “Ah, vá, claro está que uma mulher rezando, pedindo a Deus é invencível. Linda homenagem às mulheres crentes ao Senhor. Mas fazer o que, sempre tem reclamação. E para que não entendeu, tem até uma mocinha com as mãos unidas em oração, santo Deus!”, opinou.

 

Gospel +