Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/07/2015

Hospital da Mulher já realiza o Teste da Linguinha

2072015110813Bebês nascidos no Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, já são submetidos ao Teste da Linguinha. O objetivo do exame é detectar se existe alguma alteração no chamado frênulo, membrana que liga a língua à parte inferior da boca (também conhecido como freio).

 

Se houver a deformação, a criança pode desenvolver a chamada língua presa. Contudo, os problemas vão além da dificuldade na fala. No caso dos recém-nascidos, a alimentação pode ser prejudicada já que afeta a sucção. Por isso, a recomendação é que o teste seja feito até os seis meses de vida da criança.

 

De acordo com a fonoaudióloga Jacilene Freitas, a língua participa das funções de sucção, deglutição, mastigação e fala. O frênulo possibilita e favorece os movimentos linguais. “A língua presa pode dificultar a amamentação e, com isso, esse recém-nascido poderá perder peso. Também é comum apresentar problemas respiratórios”, afirma.

 

Segundo a fonoaudióloga, caso o teste confirme alguma alteração, o recém-nascido deverá ser encaminhado para a frenectomia. “Será feito um corte do frênulo. Esse é um procedimento cirúrgico simples e rápido. Não dói e nem costuma sangrar”, explica. Além do teste da linguinha, o Hospital da Mulher também realiza os testes da orelhinha e do pezinho.