Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 07/03/2016

Huck é criticado por não ajudar piloto que o salvou

luciano1-692x360-610x360

O piloto Osmar Frattini, que comandava o avião envolvido no acidente com o apresentador Luciano
Huck e sua família, disse neste domingo, 6, passa por problemas financeiros. Em entrevista ao
programa “Domingo Show”, da Record, o profissional contou que a empresa MS Táxi Aéreo decidiu
deixá-lo suspenso até que a investigação do caso seja finalizada. Enquanto isso, ele está com
quase 80% do salário cortado.

 

Com isso, Frattini disse que tem dificuldade para pagar suas despesas. Após ouvir a história do
piloto, Geraldo Luís criticou Huck. “Desculpa, Luciano Huck, eu não te conheço, sei que você é
um grande profissional e um grande pai de família. Posso te falar uma coisa? Cara, era para os
seus filhos estarem mortos, a sua esposa estar morta, todo o mundo. Um tapinha nas costas e um
panetone no fim do ano é muito pouco”.

 

O apresentador também criticou a postura da empresa de táxi aéreo. “Essa empresa errou
gravemente em afastar esse herói. Se eu tivesse um avião, você [Osmar] seria o meu piloto, mas
não tenho”, afirmou Geraldo Luís.

650x375_frattini-piloto_1615490

O piloto, que tem 30 anos de experiência, lamentou a situação. “Estou me sentindo como um
pássaro sem asa, preso no chão, habilitado, mas sem poder voar”.
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) confirmou que Frattini está apto para voar. Já a MS
Táxi Aéreo disse que pretende manter o piloto suspenso até que saia o laudo final sobre o
acidente.

 

A assessoria de Huck disse que a família do apresentador ter gratidão pelo profissional, mas que
prefere não falar sobre o assunto que mexeu muito com eles. Huck estava com Angélica e os filhos
no avião que fez pouso forçado.

 

Reprodução | Record