Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 01/05/2017

Idosos devem se cadastrar no NIS para evitar suspensão do benefício

Pessoas com deficiência ou idosos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), também conhecido como benefício Amparo, devem se cadastrar no Número de Inscrição Social (NIS) para continuarem recebendo o recurso. A determinação é do Governo Federal, que baixou norma e deverá bloquear a liberação dos valores para quem não estiver atualizado.

 

A inscrição pode ser feita em qualquer um dos 15 Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) ou na sede do programa Bolsa Família, na rua Castro Alves. Os beneficiários devem comparecer portando documentos pessoais e comprovante de residência atualizados.

 

O cadastramento do NIS, conforme o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira, começou em abril e, até o momento, apenas duas mil pessoas foram se cadastrar. A estimativa, em Feira de Santana, é que existam cerca de 8 a 10 mil beneficiários do Amparo.

 

“Essas pessoas devem procurar um dos Cras ou a sede do Bolsa Família para solicitar seu cadastramento para não ter o benefício bloqueado”, reforça Ildes Ferreira. O secretário acrescenta que o processo é rápido e os beneficiários não enfrentam fila.

 

A exigência do Governo Federal visa maior controle dos beneficiários com a inscrição de todos eles no cadastro do NIS.