Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 02/05/2018

Igreja Universal leva candomblecistas ao Templo de Salomão e revela busca por “diálogo”

A Igreja Universal do Reino de Deus promoveu um encontro inter-religioso com cinco representantes do candomblé no Templo de Salomão. A iniciativa de “diálogo” se deu após a condenação da Record TV a produzir programas dedicados às religiões afro-brasileiras.

 

O guia do encontro foi o bispo Eduardo Bravo, que mostrou o Jardim Bíblico do Templo de Salomão aos visitantes, contando a história de Israel. “Este encontro é muito importante para nós porque estamos quebrando os muros do preconceito e da intolerância. Queremos promover o diálogo e o respeito entre as religiões”, afirmou Bravo.

 

O discurso de tolerância foi realçado pela yalorixá do Terreiro ilê Axé de Jibahia, de Salvador: “Vivemos em tempos difíceis e só podemos mudar tudo isso quando existe amor e respeito”, disse ela, de acordo com informações do portal R7.

 

Durante a visita, o grupo passou pela área externa do megatemplo para compreender detalhes da história do povo judeu, assim como os trajes de época, a réplica do tabernáculo e o memorial, além de outras tradições do Antigo Testamento.

 

“O Templo também se transformou em um centro cultural, mas é importante observar que, mesmo tendo as nossas diferenças, podemos conviver porque a fé está acima de qualquer religião, Deus quer ter um relacionamento com cada um, individualmente”, comentou o bispo Eduardo Bravo, de forma simplista.

 

A visita já foi feita em outras ocasiões por grupos de judeus, católicos e muçulmanos. Ao final, o babalorixá Thiago Luiz resumiu a experiência: “Fiquei muito feliz com essa oportunidade e muito grato também. O Templo é muito bonito e acredito que os povos precisam se unir”.

 

 

Gospel +