Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 25/05/2017

Infecção urinária: conheça causas, sintomas e tratamentos

A infecção urinária é a infecção mais comum no corpo humano, e é mais prevalente em mulheres entre os 20 e os 40 anos e em grávidas. Isto se deve ao fato de o canal da uretra ser mais curto nas mulheres (cinco centímetros, em comparação com os 22 cm do dos homens). O problema pode ser uma contaminação bacteriana baixa, quando afeta a bexiga, ou alta, quando ataca os rins.

 

O Dr. Paulo Olzon, infectologista e professor na Universidade Federal de São Paulo, falou com a revista Claudia sobre a infecção urinária:

 

A causa mais comum da infecção urinária (tanto baixa como alta) é uma bactéria que vive no intestino, chamada E. coli, que pode entrar em contato com o trato urinário devido à má higiene quando se urina ou defeca. Outra causa comum é o atrito entre o pênis e o canal vaginal durante as relações sexuais.

 

Devido ao tamanho da uretra, é muito raro os homens sofrerem de infecções urinárias, embora na idade avançada possam surgir por causa dos problemas de próstata.

 

No caso da infecção urinária baixa (bexiga), o sintoma mais comum é sentir dor enquanto se urina, sendo que pode variar para dificuldade em urinar, sensação de bexiga cheia e micções frequentes. Já a alta (rins) provoca dores na região lombar, na zona dos rins, e febre.

 

Quanto aos tratamentos, a infecção urinária baixa pode ser tratada com um antibiótico de dose única ou de alguns dias. A infecção alta, ao nível da pélvis e dos rins, geralmente é tratada com antibióticos mais fortes que são tomados durante cerca de 10 dias.

 

Fazer uma higiene frequente desta área do corpo, evitar roupas muito justas e abafadas, bem como cuecas fio dental e o uso prolongado de absorventes e tampões, são bons métodos de prevenção. Urinar ou fazer a higiene íntima depois das relações sexuais também pode ajudar.

 

NOTÍCIAS AO MINUTO