Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 21/07/2016

Jean Wyllys denunciará à Polícia Federal bispo que publicou foto ao lado do deputado com ameaça: “Ou se converte, ou morre”

1

O deputado federal Jean Wyllys (Psol – RJ) denunciará o bispo Marcos Klain, da Comunidade Bíblica da Graça, do Rio de Janeiro, à Polícia Federal. A medida foi anunciada na tarde dessa quarta-feira (20) pelo deputado através da sua assessoria de comunicação depois que o bispo publicou no seu Facebook uma foto ao lado de Jean com a seguinte mensagem ameaçadora: ““Acho que ele pensou que meu sorriso era pela foto conseguida… Mas ele não sabe que eu só queria colocar minhas mãos sobre ele pra profetizar… “ou se converte, ou morre”. O Brasil é de Jesus!!!”.

 
Jean Wyllys está em missão oficial em Londres, segundo sua assessoria, cumprindo uma extensa agenda de palestras e encontros, a convite do Kings College London, instituição de ensino superior do Reino Unido. “É algo chocante, mas mostra o nível de ódio, ressentimento e desonestidade dessas pessoas que são um exemplo claro do fundamentalismo religioso que tanto denunciamos. Os verdadeiros cristãos não pensam assim como esse bispo, que fez uma ameaça postando o próprio rosto e agora vamos entregar o print à Polícia Federal. Nossa assessoria jurídica está tomando as devidas providências legais. Não podemos banalizar o discurso de ódio. Vejam a quantidade de assassinatos de pessoas LGBT que houve no último mês. É uma situação muito grave, e esses fundamentalistas religiosos que pregam o ódio contra a comunidade LGBT também são responsáveis por esses crimes”, disse Jean, em nota enviada ao Me Salte através de sua assessoria de comunicação.

 

O bispo enganou o deputado para obter a foto. Ele se disse fã de Jean, fez a foto – de rosto colado e sorrindo – e quando a publicou usou o discurso de ódio e ameaça de morte. “Sempre que o deputado está na rua, no aeroporto, num restaurante ou em qualquer lugar público, pessoas se aproximam para parabenizá-lo pelo seu trabalho e pedem para tirar uma foto. O deputado é sempre solícito, porque 99% das vezes são pessoas honestas e que realmente gostam dele e querem ter uma lembrança do encontro. Nesse caso, o bispo enganou o deputado para tirar uma foto, e fez esse post com uma ameaça de morte”, disse a equipe de comunicação de Jean.

 
O deputado, contudo, não se recorda quando foi feita a imagem – dentro de um avião. Informações de seguidores do deputado, que estão nas redes sociais, indicam que o bispo estaria também em Londres para inaugurar uma igreja. O post foi deletado no final da manhã de hoje pelo bispo.

 
Acompanhe o caso:

 

Bispo evangélico tira selfie com Jean Wyllys e escreve no post: “Ou se converte, ou morre”Após polêmica, bispo evangélico deleta post com foto dele e Jean Wyllys onde escreveu: “Ou se converte, ou morre”

 
CORREIO