Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 14/03/2016

Jennifer Garner tem a fé restaurada após atuar em filme cristão: “Foi apenas um pontapé”

3

O filme “Milagres do Paraíso”, que será exibido nos cinemas brasileiros a partir do dia 21 de abril, chama a atenção não apenas por ser mais uma produção cristã. O protagonismo da atriz Jennifer Garner — conhecida por estrelar o filme “De repente 30” e interpretar Elektra em “Demolidor” — surpreendeu o público e a própria artista.

 

Durante entrevista coletiva transmitida ao Brasil, a atriz relatou ao Guiame como sua atuação no filme, que é baseado na história real da família Beam, transformou sua fé. Jennifer interpretou o papel de Christy, uma mãe que lutou pela cura de um grave problema digestivo diagnosticado em sua filha de 10 anos.

 

As semelhanças entre a atriz e a personagem começam na infância. Assim como Christy, Jennifer também cresceu frequentando uma igreja, os cultos de domingo, os acampamentos e as escolas dominicais. No entanto, a vida adulta trouxe um rumo distante da igreja para a atriz.

 

“Como adulta, acho que comecei apenas a acreditar que fosse certo que os meus filhos tivessem as mesmas coisas e a mesma fé que eu tinha — apenas porque eu tinha sido criada dessa maneira”, disse ela em resposta ao Guiame.

 

“Quando terminei o filme, eu falei com meus filhos sobre isso e eles disseram: ‘Bem, nós estamos prontos para ir à igreja a qualquer hora’. E eu disse: ‘Oh, vamos no domingo!’. Por isso, o filme foi apenas uma espécie de pontapé para começarmos um tipo diferente de conversa em minha casa que precisava acontecer, e eu sou muito grata a Christy por isso”, acrescentou a atriz.

 

O ápice do filme está no momento da cura da filha de Christy, que aconteceu depois que a criança sofreu um grave acidente, caindo de uma árvore enquanto brincava com as irmãs. Por incrível que pareça, o acontecimento não a levou à morte, pelo contrário: a menina foi curada após uma impactante experiência com Deus.

 

A princípio, Jennifer relutou em acreditar nos pontos miraculosos da história. Em seguida, mergulhou profundamente nela. “Eu tomei esta história pelo valor que ela aparentava, mas eu a li por várias vezes até envolver a minha cabeça em torno do que aconteceu exatamente, para ser honesta”, disse ela.

 

“Eu li a história de uma maneira diferente que uma pessoa comum talvez leria. Eu li tantas vezes, até que eu decidi apenas focar meu olhar no que aconteceu com Christy. Eu li olhando para a fé de Christy e li a partir do ponto de vista da medicina. Eu sei que o livro é muito aproximador e a história é muito linda. Quanto mais eu lia, mais eu olhava para isso, mais eu acreditava profundamente, em vez de apenas dizer: ‘Uau, isso é uma história legal, isso é um milagre’”, completou a atriz.

 

GUIAME