Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 07/04/2016

Jovens atendidos pela Apae recebem certificados do programa Qualifica Bahia

8d0fdb1a-5400-4eab-9fea-5311bed8ea32

Uma turma de 80 jovens atendidos pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), que concluíram cursos do Qualifica Bahia, recebeu os certificados em evento nesta terça-feira (5). A capacitação oferecida pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) beneficiou jovens que têm mais facilidade de aprender e possam ser inseridos no mercado de trabalho. O programa ofereceu a jovens 7.320 vagas entre 2005 e 2016. Dessas, 200 foram destinadas a Pessoas com Deficiência (PcD).

 

A cerimônia ocorreu no auditório da Apae em Salvador, onde os concluintes demonstravam alegria e compartilhavam o momento com familiares, amigos e a equipe técnica responsável pela capacitação. Entre os jovens estão Lucas de Oliveira, 18 anos, Larissa Xavier, 24, concluintes do curso de Atendente de Lanchonete, além de Marcelo de Castro Leone, 25, que fez o curso de Cozinheiro Auxiliar, e Bruno de Jesus Santos, 18, qualificado como Agente de Higienização de Ambiente.

 

Primeiro emprego

 

Morador de Paripe, Bruno disse que no curso “aprendi [sobre] uma profissão e também como me comportar no ambiente de trabalho, no modo de me vestir e de falar. Com o certificado da Setre, agora vou buscar o meu primeiro emprego”. Marcelo, residente no bairro do Garcia, vê na capacitação um novo futuro para sua vida. “Gosto de cozinhar, e o curso de Cozinheiro Auxiliar vai concretizar o meu sonho de trabalhar”. Na cozinha, a preferência dele é fazer saladas e pizzas.

 

Ao seu lado, Larissa, do Engenho Velho de Brotas, manifestou o desejo de “abrir mão do beneficio do INSS para me tornar uma pessoa independente, através do meu trabalho. Com o [certificado do] curso de Atendente de Lanchonete sei que as portas vão se abrir naturalmente”. Cerimonialista do evento e morador do Beiru (Tancredo Neves), Lucas disse que “hoje, eu me sinto realmente apto para entrar no mercado de trabalho e lá permanecer por muito tempo”.

 

Futuro melhor

 

No evento, a supervisora de Qualificação da Setre, Laís Damásio, estimulou os formandos diante da perspectiva de um futuro melhor. “Vejam nesta certificação a possibilidade de conquistar algo mais em suas vidas”. A equipe técnica da Apae foi representada por Tatiane Teixeira, que valorizou a parceria com a secretaria. “São mais de oito anos trabalhando juntos. Hoje temos cerca de 340 alunos na instituição, a maioria com idade entre 20 e 28 anos. Já inserimos no mercado mais de 440 educandos e queremos [inserir] muito mais”.

 

TRIBUNA FEIRENSE