Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/06/2016

Justiça proíbe artista de fazer santos inspirados na cultura pop

2

Uma artista plástica de Goiânia foi impedida pela justiça de fazer e vender esculturas de santos da igreja católica inspirados na cultura pop.

 

A Arquidiocese de Goiânia moveu uma ação contra a artista Ana Paula Dornelas Guimarães de Lima, conhecida como Ana Smile, que fazia e vendia imagens de santos católicos vestidos como Superman, Batman, Minnie, Malévola e Galinha Pintadinha.

 

No entendimento da igreja, Ana estava satirizando os personagens religiosos, até por manter as páginas “Santa Blasfêmia” no Facebook e Instagram.

 

“A autora extrapolou, deliberadamente, o seu direito constitucional de livre manifestação de pensamento, ferindo o também direito constitucional da Igreja Católica, de inviolabilidade de consciência e crença”, diz nota da Arquidiocese.

 

Para a igreja, as estatuas produzidas pela artista e postada nas redes sociais ofendem a coletividade e violam o sentimento religioso por “empregar escárnio, sátira e ironia”.

 

A decisão de impedir os trabalhos da artista foi tomada pelo juiz Abílio Wolney Aires Neto, da 9ª Vara Cível de Goiânia que estipulou multa no valor de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

 

Em sua defesa, Ana Smile afirmou que não tinha a intensão de ofender a fé católica (religião da maioria dos brasileiros), mas que queria agradar ao público que gosta de arte diferente.

 

“Nunca quis agredir a fé de ninguém. É uma coisa para quem gosta de algo diferente. Sou de família católica e todos me apoiam, gostam do que eu faço e têm exemplares em casa. Minha avó, inclusive, que não sai da igreja, não viu problema”, disse a artista que pretende entrar com recurso contra a decisão.

 

GOSPEL PRIME