Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/07/2015

Maioria dos pastores apoia Israel, indica pesquisa

unnamed (1)O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu já se pronunciou, e especialistas acreditam que uma das opções de Israel é bombardear as instalações nucleares iranianas como forma de evitar o pior.Após o presidente Barack Obama anunciar que os Estados Unidos chegaram a um acordo com o Irã sobre seu programa nuclear, muito tem se questionado se esse não é um grande sinal profético de que Israel será atacado em breve.

 

O instituto de pesquisas LifeWay divulgou nesta quarta (15) um estudo sobre como os evangélicos e a população em geral veem Israel hoje.

 
Os resultados mostram que os evangélicos reconhecem um laço estreito entre Deus e o Estado de Israel.

 

Cerca de 7 em cada 10 (69%) dizem que a nação moderna de Israel foi formada como resultado da profecia bíblica. Um número semelhante (70%) diz que Deus tem uma ‘relação especial’ com a nação moderna de Israel. E quase três quartos (73%) admitem que os eventos em Israel são parte das profecias do livro do Apocalipse.
Os defensores mais fervorosos de Israel são pastores de igrejas evangélicas. A maioria (80%) concorda com a afirmação “Os cristãos devem apoiar Israel.” Quatorze por cento discorda e 6% não tem certeza.unnamed

Mesmo apoiando Israel, os pastores têm dúvidas sobre as ações militares de Israel. Cerca de 4 em cada 10 (41%) concorda com a afirmação: “É difícil defender táticas militares de Israel”. Cinquenta por cento discorda, enquanto 9% não tem certeza.

 

Entre a população em geral, menos de metade (46%) acredita que a formação do Israel moderno é cumprimento da profecia bíblica. Mais de um terço (36%) discordam, enquanto 17% não tem certeza.
As pessoas estão divididas diante da ideia de que os judeus são o povo escolhido de Deus, como afirma a Bíblia. Pouco menos da metade (46%) concorda, mas um número semelhante (44%) discorda. Os 10% restantes não tem certeza.

 

No geral, cerca de metade (48%) diz que Deus tem uma ‘relação especial’ com o Israel moderno. Cerca de 4 em cada 10 (39%) discorda da afirmação, enquanto 13% não tem certeza.

 

Com informações deChristianity Today