Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 01/03/2018

Mais de 3 milhões de downloads de Bíblias foram feitos no Brasil, em 2017

Um levantamento feito pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) mostra que cada vez mais brasileiros estão interessados em terem acesso às Escrituras Sagradas. Entre 2016 e 2017, houve um crescimento de 128% no downloads de Bíblias.

 

Foram baixados 3.431.661 exemplares em aplicativos de celulares em 2017, em comparação com 1.506.406 no ano anterior. Considerando também as edições impressas, a SBB distribuiu 8.652.593 de exemplares da Bíblia.

 

Avaliando o total de Escrituras, que engloba Novos Testamentos, livretos, folhetos, obras acadêmicas e publicações infantis, a SBB somou a distribuição de 221.832.399 publicações, entre edições impressas e digitais.

 

Embora o número de downloads chame a atenção, a quantidade de usuários individuais registrada pela SBB é de 1.827.798. Isto acontece porque o conteúdo costuma ser baixado em diferentes dispositivos pela mesma pessoa, seguindo uma característica dos meios digitais.

 

“Para a SBB, mais importante do que contabilizar números expressivos é facilitar o engajamento das pessoas com a Bíblia Sagrada. Este aumento no número de downloads é mais um indício de que estamos alcançando aqueles leitores que têm mais afinidade com os meios digitais”, afirma Erní Seibert, secretário de Comunicação, Ação Social e Arrecadação da SBB.

 

Seibert ainda observa que praticamente 100% dos downloads foram feitos gratuitamente, por meio do aplicativo YouVersion.

 

A SBB faz parte das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), uma aliança mundial fundada em 1946 com o objetivo de facilitar o processo de tradução, produção e distribuição das Escrituras Sagradas por meio de estratégias de cooperação mútua. As SBU reúnem 147 Sociedades Bíblicas, atuantes em mais de 200 países e territórios. Essas entidades são orientadas pela missão de promover a maior distribuição possível de Bíblias, numa linguagem que as pessoas possam compreender e a um preço que possam pagar.

 

 

GUIAME