Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 12/06/2015

Malafaia deu tiro no pé ao ir contra Boticário, diz Feliciano

casal-boticario-pheeno-capa-600x345Quando o assunto é homossexualismo todos os cristãos são taxados de fundamentalistas e homofóbicos. Dois líderes evangélicos são comumente confundidos por conta de suas posições e quem está de fora acredita que eles estão sempre juntos.

 

O pastor Silas Malafaia gravou um vídeo pedindo o boicote à empresa O Boticário por conta do vídeo do Dia dos Namorados que mostra casais héteros e homossexuais. Mas foi o deputado pastor Marco Feliciano que recebeu os ataques por conta do vídeo gravado pelo presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

 

Feliciano não se manifestou sobre o comercial, mas durante a Parada Gay foi atacado como se tivesse falado mal da empresa de cosméticos. “Foi uma ação isola de Malafaia. Eu respeito, mas a bancada não se envolveu nisso”, disse o deputado tentando se explicar à Folha de SP.

 

Para ela a “propaganda não mostra nada de mais”, já que casais formados por pessoas do mesmo sexo realmente existem e comemoram a data. Por isso Feliciano acha que Malafaia “deu um tiro no pé” e “munição pro pessoal”, se referindo aos grupos LGBTs que constantemente se levantam contra eles.

 

“Quem acabou como bode expiatório fui eu”, reclama o deputado que teve o site hackeado no domingo (7) durante a Parada Gay. Grupo ligado à causa invadiu sua página e postou uma imagem com o logo da empresa O Boticário, além de um Jesus negro e a bandeira gay.

 

Gospel Prime