Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/11/2014

Marcha do Orgulho Hétero acontece no Rio de Janeiro

orgulho-heteroCerca de 100 pessoas são esperadas na orla de Ipanema no próximo dia 30 para participar da Pequena Grande Marcha do Orgulho Hétero. Os organizadores garantem que se trata de uma brincadeira e que não será um evento homofóbico.

 

Os 20 amigos que tiveram a ideia de criar a Parada dizem que diante do lobby gay os héteros estão virando minoria. “Não é um evento homofóbico ou preconceituoso. Apenas achamos que hoje o lobby gay é muito forte e os héteros estão acabando”, disse o empresário Durval Azevedo ao jornal O Globo fazendo ainda uma brincadeira: “Todo mundo sai do armário, mas do meu só sai roupa”.

 

A organização da marcha está sendo feita por Nélson Couto, integrante da Confraria do Garoto. Em outra entrevista ele comentou que os héteros estão ficando sem espaço diante do crescimento do movimento gay. “Estamos preocupados com a concorrência desleal e com nosso risco de extinção”.

 

Apesar de só ganhar destaque na imprensa esta semana, o evento vem sendo planejado há seis meses. Tudo começou no restaurante da Rua Farme de Amoedo, em Ipanema, uma região muito frequentada por gays.

 

A Pequena Grande Marcha do Orgulho Hétero já estreia com polêmicas, pois grupos do movimento LGBT não estão de acordo com a realização do evento que pode ser considerado como ofensivo.

 

“É uma brincadeira? Ok. A vida tem que ser leve, mas é bom lembrar que o país vive um momento de conservadorismo muito grande. Dependendo dos olhos conservadores de quem veja esse movimento pode, sim, ser uma demonstração de homofobia, de preconceito”, disse Marcelle Esteves, vice-presidente do grupo Arco-Íris.