Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 16/11/2016

Mel Gibson elogia cristão que inspirou personagem de seu novo filme: “Ele orava o tempo todo”

1801430430-mel-gibson

No tapete vermelho da estreia do filme “Hacksaw Ridge”, no Centro Sheen (Nova York), na última quarta-feira (16), o premiado ator e diretor Mel Gibson falou sobre o soldado cristão Desmond Doss, que serviu na Segunda Guerra Mundial, e o incrível exemplo de fé que ele deu, por não negociar seus princípios e até mesmo aceitando “virar a outra face” para aqueles que zombaram dele.

 

“Hacksaw Ridge” é baseado na extraordinária história real de Doss (interpretado por Andrew Garfield), que serviu em Okinawa durante a mais sangrenta batalha no Pacífico e milagrosamente salvou 75 homens sem disparar um tiro.

 

Doss serviu como soldado do Exército dos EUA na Segunda Guerra Mundial, mas se recusou a carregar uma arma em combate por causa de suas crenças pessoais como um Adventista do Sétimo Dia. Consequentemente, pensou que seria mais apropriado servir como médico durante a guerra.

 

“Você não pode deixar de se inspirar quando ouve falar dessa história. Quando eu li o roteiro me senti tocado. É uma história que vale a pena contar. Se você vai passar 18 meses ou dois anos em um projeto, também pode certificar-se de que é uma história vale a pena contar e definitivamente isso que aconteceu”, disse Gibson em entrevista ao The Christian Post.

 

O filme detalha o heroísmo de Doss, um médico do Exército, cuja única arma no campo de batalha durante a guerra era a oração. O soldado cristão teve a chance de salvar a vida de mais de 75 homens, durante um confronto, em Okinawa.

 

“Só mais um Senhor”, orou Doss, enquanto carregava sozinho seus companheiros de infantaria.

 

“Desmond estava operando em outro reino. Em uma situação onde os homens vão para a guerra e a maioria é reduzida ao nível dos animais, ele conseguiu se manter superior, com seu propósito e pôde explorar sua virtude. Ele se moldou nessa experiência”, continuou Gibson. “Ele dizia a si mesmo que não era ele quem fazia isso. Algo maior do que ele estava fazendo. Ele disse que estava orando o tempo todo”.

 

Em “Hacksaw Ridge” há uma cena em que Doss é posto à prova por membros do seu pelotão que o agrediram e tentavam forçá-lo a revidar. Em vez disso, o soldado cristão decidiu seguir o exemplo de Jesus e “dar a outra outra face”, algo que Gibson sustenta é muito difícil de fazer.

 

“É muito difícil. Mesmo quando estávamos filmando aquela cena, Andrew e eu estávamos pensando: ‘Cara, se alguém fizesse isso comigo, eu revidaria com um soco na cara’. Mas foi foi muito importante que ele não fizesse isso e que ele fosse melhor do que isso ou acima disso”, disse Gibson.

 

“Ele não se importava com o que as pessoas pensavam dele – e muitos pensavam que ele era algum tipo de covarde ou algo assim, mas ele não era, claramente. Ele foi um dos mais corajosos de todos os tempos. Ele ão negociou suas convicções e eu acho que ser capaz de ir tão longe e não revidar, amaldiçoando as pessoas que nos ferem, é uma grande decisão”, acrescentou.

 

Gibson confessou que dar a outra face é algo que ele tem dificuldade em fazer, mas afirmou que admira Doss por seu grande exemplo de fé e auto-controle.

 

Quando perguntado sobre o impacto que a história de Doss poderia causar nesta geração, Gibson disse: “Bem, ele viveu tudo isso em um tempo antes do nosso, e desde então já tem havido pessoas incríveis, que fizeram coisas inspiradas por seu exemplo”.

 

“Eu acho que qualquer um pode olhar para uma história como esta e avaliar a si mesmo. Nós somos testados em determinadas circunstâncias e aqui nós temos um homem comum fazendo coisas extraordinárias em circunstâncias incrivelmente difíceis. Se ele pode fazê-lo, por que outras pessoas não conseguiriam o mesmo?”, questionou Gibson

 

Reconhecimento

 

Em outubro de 1945, o inspirador soldado recebeu a Medalha de Honra do Congresso, entregue pelo Presidente Harry S. Truman. Antes de ser dispensado do exército em 1946, Doss já tinha desenvolvido a tuberculose.

 

Ele morreu em 23 de março de 2006, aos 87 anos de idade e foi enterrado no Cemitério Nacional de Chattanooga, no Tennessee.

 

“Hacksaw Ridge” é o primeiro filme de Gibson, desde o sucesso de “Apocalypto” e “A Paixão de Cristo”. Com Andrew Garfield como protagonista, o filme também estrelou Sam Worthington, Luke Bracey, Teresa Palmer, Hugo Weaving, Rachel Griffiths e Vince Vaughn. O roteiro foi escrito por Andrew Knight e Robert Schenkkan.

 

“Hacksaw Ridge” já foi lançado nos Estados Unidos e tem previsão de estreia no Brasil para 17 de janeiro de 2017.

 

 
GUIAME