Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 23/02/2018

Micareta: vereador vai à Justiça caso Prefeitura contrate Daniela, Vittar e Kannário

O vereador Edvaldo Lima afirmou que vai à Justiça caso a Prefeitura não acate o pedido dele para a não contratação de três artistas para a Micareta de Feira de Santana – Daniela Mercury, Pablo Vittar e Igor Kannário.

 

Para Edvaldo, as apresentações de Daniela e Pablo Vittar não são adequadas porque, segundo ele, incentivam a prática do homossexualismo. Já Kannário, na opinião dele, está sempre envolvido em polêmicas com as autoridades da área de segurança pública.

 

O parlamentar abordou o assunto na tribuna da Câmara Municipal de Feira e enviou um ofício ao prefeito José Ronaldo de Carvalho.

“O prefeito não me respondeu, mas tem conhecimento da lei. O seu trabalho é visto como um governo digno e voltado para a família. Se o governo contratar, está correndo risco. Temos outro caminho: a Justiça”, afirmou Edvaldo Lima.

 

Após a polêmica levantada, o vereador recebeu críticas e também apoio popular. “A população tem me ligado e tem ficado ao meu lado, em defesa dos valores familiares”, disse Edvaldo.

 

Durante entrevista ao De Olho na Cidade (Sociedade News), Edvaldo citou a Lei municipal 34/2012. “A lei veda a utilização de recursos públicos municipais para a contratação de artistas que apresentam músicas e danças que valorizem a violência ou exponham as mulheres a situações vexatórias e que façam apologia a drogas ilícitas”, explicou o vereador.

 

Informações e foto: Kleiton Costa