Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/12/2014

Milionário cristão abandona futebol para plantar e doar batatas

fEntre muitas histórias de superação e escândalos envolvendo jogadores milionários, a de Jason Brown se diferencia pelo gigante “passo de fé”.

Fugindo completamente do que seria esperado em seu meio, o ex-jogador de futebol americano Jason Brown, encerrou a carreira precocemente, aos 29 anos. Ele disputou sete temporadas na NFL, principal liga de futebol americano e ficou milionário. Atuou primeiramente pelo Baltimore Ravens, tendo assinado um contrato de US$ 25 milhões (aprox. R$ 60 milhões) com o Saint Louis Rams.

 

Em outubro de 2012, ele acabou quebrando o contrato de 5 anos que tinha com o Rams, após apenas 3 temporadas. Embora tivesse propostas de outras equipes, incluindo o seu primeiro time. Em vez disso, preferiu largar o esporte para virar agricultor. Comprou uma fazenda de 4.000 metros quadrados no Estado da Carolina do Norte e começou uma plantação. Seu objetivo maior é doar a produção para pessoas carentes. Somente em 2014. Brown doou 20 toneladas de batata-doce e 4,5 toneladas de pepinos.

 

Um fato chama atenção: Brown não sabia nada sobre o cultivo de batatas. Decidiu aprender tudo pela internet, recorrendo a vídeos do Youtube. Embora tenha tido dificuldades no início, passou boa parte de 2013 aprendendo o necessário para organizar uma fazenda e cultivar batatas e outros vegetais. Até hoje ele trabalha diariamente ao lado dos empregados.

 
A rede de TV americana CBS levou ao ar uma reportagem especial do programa On the Road , contando a trajetória de Brown. Ele chamou atenção da mídia pelo inusitado e por seu forte testemunho de fé. Ele conta que quase ninguém apoiou essa mudança radical de vida. “Meu empresário disse: ‘você está cometendo o maior erro da sua vida’. Olhei pra ele e respondi: ‘não, não estou’”, contou à CBS

 

Ao contar o que motivou essa decisão, explica que recebeu uma visão de Deus. Obediente, ele batizou sua fazenda de “Primícias”.
Contou ao repórter da CBS que nunca se sentiu mais bem sucedido. “Ver tudo brotando da terra é a coisa mais linda que alguém pode presenciar. Não nos padrões do homem, mas aos olhos de Deus.”

 

Explico ainda que não sente saudade da sua milionária vida de jogador. No site da fazenda ele apresenta o seguinte relato: “Deus revelou que tinha algo maior reservado para mim, que deveria voltar com minha família para a Carolina do Norte onde nasci e começar uma fazenda. Mesmo não sabendo nada sobre agricultura, por obediência… [a esposa] Tay e eu fizemos um pacto com Deus e dissemos que no lugar que Ele nos abençoasse daríamos o nome de Primícias e doaríamos para seu povo as primícias de tudo o que fosse produzido daquela terra”.
Explicou ainda que vê todo o processo como uma “missão” que inclui compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo.

 

A primeira parte da produção é doada para organizações cristãs que cuidam de famílias carentes. Para Brown, isso é sua forma de “servir ao próximo com amor”. Além da fazenda, sua família mantém o ministério Wisdom for Life [Sabedoria para a Vida], que promove eventos evangelísticos com ênfase nos esportes.