Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 04/07/2014

MP entra com ação para proibir venda de espumante para crianças

RTEmagicC_cc879c98b0.jpgO Ministério Público do Paraná (MP-PR) não gostou de um produto lançado pela empresa Cereser e entrou com uma ação civil pública para impedir que um espumante infantil sem álcool seja vendido.

 

A bebida batizada de Spunch tem uma embalagem semelhante à de um champanhe normal, com rolha e metal, mas traz imagens de desenhos animados no rótulo. A diferença é que, diferente das bebidas destinadas ao público adulto, o líquido não contém nenhum teor alcoólico.

 

O MP-PR pede que a empresa seja multada em R$ 100 mil caso a bebida continue sendo vendida. Segundo eles, a alegação é que o produto pode induzir crianças ao consumo de bebidas alcoólicas.

 

A promotoria pede ainda que a Cereser recolha os produtos já distribuídos para as lojas, sob pena de multa de R$ 1.000 por garrafa disponível para a venda. O MP tenta ainda que a empresa seja condenada a pagar multa por dano moral coletivo, a ser julgado.

 

A assessoria de imprensa da empresa que produz a Spunch informou que a Cereser ainda não recebeu nenhuma notificação do MP. O comunicado diz ainda que caso seja necessário, tomará as devidas providências para esclarecer que o produto destinado às crianças não induz ao consumo de bebidas alcoólicas.