Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 20/11/2017

“Não sou a favor de apreensão, mas sou a favor da blitz”, declara Tom

No uso da tribuna da Casa da Cidadania, na sessão desta segunda-feira (20), o vereador Ewerton Carneiro – Tom (PEN) – destacou a importância da realização de blitzen como parte do trabalho da Polícia Militar no combate à criminalidade em Feira de Santana.

 

Na oportunidade, o edil criticou a resposta recebida do Ministério Público informando que a 3ª Ciretran age dentro da legalidade cobrando individualmente aos proprietários de veículos apreendidos a taxa referente ao guincho.“A Polícia Militar trabalha para garantir a segurança do nosso povo.

 

Não podemos manchar a imagem da instituição. Não sou a favor de apreensão, mas sou a favor, sim, da blitz, onde são apreendidas armas, por exemplo. Sou a favor do combate à criminalidade e quero parabenizar os policiais militares de nossa cidade que combatem o bom combate e combate a marginalidade na sociedade de Feira de Santana”, declarou.

 

O edil do PEN voltou a criticar a cobrança de taxas indevidas pelo Detran/BA para realização de serviços de comunicação de venda, digitalização de documentos, dentre outros. “O Governo do Estado está inventando formas de arrecadar dinheiro da população. Já demos entrada em ação pública para conseguir solução. Quero fazer um apelo à justiça, confio na justiça e acredito que a justiça vai entrar com providência e resolver esse absurdo”, afirmou.

 

O vereador Edvaldo Lima (PP) ressaltou a importância de reconhecer que os policiais militares apenas cumprem ordens. “Não estamos atribuindo culpa aos policiais militares que atuam nas blitzen. Eles apenas cumprem as ordens”, finalizou.