Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 13/12/2014

“Não tem como ficar calada”, diz apresentadora Priscila Coelho sobre libertação da homossexualidade; Assista

priscila-coelho A missionária Priscila Coelho, membro da Igreja Batista da Lagoinha (IBL) e apresentadora da Rede Super de Televisão, revelou que está desenvolvendo um novo projeto de caráter evangelístico e que a transformação que o Evangelho proporcionou à sua vida a impulsiona.

 

Durante o programa Mente Aberta, Priscila disse que não pode deixar de contar o que Deus fez em sua vida e que tem aproveitado todas as oportunidades que surgem para contar seu testemunho.

 

“A Rede Super trouxe isso, a oportunidade de dar o meu testemunho e principalmente para falarmos abertamente sobre um assunto tão polêmico, que tem a ver com a homossexualidade. Por causa do testemunho, eu tenho este direito de falar sobre isso. Sobre o que Deus fez e vem fazendo, não tem como a gente ficar calado”, disse.

 

Priscila é apresentadora do programa Amplificador, e sua história é repleta de reviravoltas. Criada em um lar cristão, Priscila foi abusada sexualmente na infância, o que a influenciou a se tornar lésbica. Hoje aos 30 anos, a missionária diz que seu reencontro com Deus aconteceu após as frustrações resultantes de suas escolhas.

 

“Decidi largar tudo. Não foi a igreja e nem nenhuma oposição, mas Deus falou ao meu coração que aquilo que sempre procurei havia acabado de encontrar. E realmente a minha vida mudou”, disse Priscila há dois anos, quando contou sua história de vida no programa Balaio.

 

Inspirada pelas histórias que ouve quando conta seu testemunho, Priscila está desenvolvendo o projeto Movimento Cores, que vai alcançar pessoas que estão envolvidas com a homossexualidade e apresentar Jesus e sua mensagem no Evangelho a elas.

 

Assista no vídeo abaixo a íntegra da entrevista de Priscila Coelho no programa Mente Aberta:

 

https://www.youtube.com/watch?v=3M1g2uxTyjg