Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 21/01/2016

“Ninguém vai força-lo a crer em Deus”, diz pré-candidato à presidência dos EUA a ateu militante

Marco_RubioA sociedade norte-americana vive tempos de intolerância por parte de céticos que, talvez cansados dos excessos cometidos em nome das religiões, expressam antipatia a qualquer que seja a manifestação de fé. Em ano de eleições presidenciais, propostas para o país são deixadas de lado por ateus, que miram na crença dos pré-candidatos para saberem o que eles pensam sobre o tema.

 

Na última segunda-feira, 18 de janeiro, o senador Marco Rubio, do Partido Republicano, foi questionado por um “ateu militante” em Iowa sobre as liberdades individuais de crença. Católico, o político da Flórida disse que, se eleito, o país continuará sendo um lugar onde “ninguém é forçado a violar sua consciência”.

 

“Ninguém vai forçá-lo a crer em Deus, mas ninguém vai me forçar a parar de falar sobre Deus”, afirmou Rubio, aplaudido pela plateia.

 

O militante era Justin Scott, 34 anos. Ele afirmou que os ateus estão “à procura de alguém que vá defender seus direitos como americanos, e não agradar a um determinado grupo religioso”.

 

Em um de seus comerciais de campanha, o pré-candidato afirma que “o nosso objetivo é a eternidade, a capacidade de viver ao lado de nosso criador de todos os tempos. Para aceitar o dom gratuito da salvação oferecida por Jesus Cristo”.

 

Na resposta a Scott, Rubio acrescentou que “você tem o direito de acreditar no que quiser. Você tem o direito de acreditar
Rubio tem uma dura batalha pela frente nos próximos meses. Precisa convencer os partidários que ele é o nome que pode unificar o partido na disputa presidencial. Até agora, pesquisas apontam que o empresário bilionário falastrão Donald Trump lidera a intenção de votos.

 

De acordo com o USA Today, David Andersen, 64 anos, professor de ciência política na Universidade Estadual de Iowa, disse a postura adotada por Rubio era “renovadora”: “Eu acho que é a primeira vez que ouvi um candidato apresentar sua fé tão profunda e extensivamente como ele fez”, disse, lembrando que Rubio respondeu à pergunta do ateu respeitosamente. “Isso vai colocá-lo à parte”, concluiu.

 

GNOTÍCIAS