Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 22/09/2014

O médico Drauzio Varella critica pastores que se opõem ao casamento gay: “Procure um psiquiatra, você não tá legal”

O Globo

O Globo

O médico Drauzio Varella publicou recentemente um vídeo no qual critica a postura de pastores evangélicos que são contra o casamento gay, e que classificam a homossexualidade como um pecado contra Deus.

 

No vídeo, publicado em seu canal no YouTube, o médico afirmou que a “homossexualidade é uma ilha cercada por ignorância por todos os lados”, e questionou qual diferença faria na vida dos pastores o fato de as pessoas ao seu redor terem atração por pessoas do mesmo sexo.

 

– A homossexualidade é uma ilha cercada de ignorância por todos os lados. Qual é a ideia que as pessoas que se opõe à homossexualidade fazem dela? De que mulheres e homens, num dado momento da vida pensam assim: ‘Ah, eu sou heterossexual, mas como eu sou sem vergonha eu vou então abraçar a homossexualidade’ – afirmou o médico, que classificou tal linha de pensamento como “uma estupidez”.

 

– Ninguém decide a própria sexualidade. Você é heterossexual? Quando é que você decidiu ser heterossexual? – questionou Varella, afirmando que a sexualidade se impõe à pessoa.

 

Drauzio Varella afirmou ainda que aqueles que veem a homossexualidade como uma “aberração da natureza” o dizem por ignorância, e afirma que tal comportamento não é exclusivo dos seres humanos, tendo sido documentada em praticamente todos os animais vertebrados.

 

– A homossexualidade é um tipo de comportamento sexual tão respeitável quanto a heterossexualidade. Discriminar os homossexuais por causa do próprio comportamento, por causa do tipo de desejo que eles têm, é uma ignorância absurda – argumentou Drauzio Varella, afirmando que se pode controlar o comportamento, mas não o desejo humano, que ele classifica como “incontrolável”.

 

O médico também criticou diretamente pastores e líderes religiosos que se opõem à homossexualidade, afirmando que estes não tem o direito de impor sua ideologia sobre toda a sociedade.

 

– Aqueles que são visceralmente contra, estes pastores de almas que acham que a homossexualidade é um crime, que é um pecado contra a natureza, contra Deus, que coloquem fora da igreja deles as pessoas quem tem esse tipo de comportamento. Mas não podem ter o direito de impor isso contra nós, eles não podem ter o direito de achar que a sociedade inteira tem que ser contra o casamento gay – criticou Varella.

 

– Eu vou te perguntar uma coisa: que diferença faz pra você, pra sua vida pessoal, se o seu vizinho dorme com outro homem, se a sua vizinha é apaixonada pela colega de escritório? Que diferença faz pra você? – questionou o médico.

 

Se faz diferença, procure um psiquiatra, você não tá legal – finalizou.