Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 05/04/2017

O que fazer se sua mala for extraviada ou danificada durante um voo?

No momento de pegar sua bagagem, você já se deparou com sua mala violada ou extraviada? Fique sabendo de uma importante informação: a empresa aérea tem responsabilidade sobre a bagagem desde a entrega as malas no check-in até devolvê-la no aeroporto de destino.

 

No caso de extravio, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) indica que o fato deve ser imediatamente comunicado no balcão da empresa aérea ou de sua representante, preferencialmente na sala de desembarque ou em local indicado por ela.

 

Para fazer sua reclamação, é necessário apresentar o comprovante de despacho da bagagem. Se for localizada pela empresa aérea, a bagagem deverá ser devolvida para o endereço informado pelo passageiro. A bagagem poderá permanecer na condição de extraviada por, no máximo, 7 dias (voos nacionais) e 21 dias (voos internacionais). Não sendo localizada e entregue no prazo indicado, a empresa deverá indenizar o passageiro em até 7 dias.

 

Além disso, o passageiro que sofreu extravio de bagagem e estiver fora de seu domicílio terá direito a receber da empresa aérea um ressarcimento por gastos emergenciais, pelo período em que estiver sem os seus pertences. Vale lembrar que as empresas aéreas são responsáveis por definir a forma e os limites diários de ressarcimento. A empresa aérea deverá efetuar este pagamento no prazo de 7 dias, a contar da apresentação dos comprovantes pelo passageiro.

 

Bagagem danificada ou violada

 

Neste caso, o passageiro deve procurar a empresa aérea para relatar o fato logo que constatar o problema, preferencialmente ainda na sala de desembarque. Esse comunicado por escrito poderá ser registrado na empresa em até 7 dias após a data de desembarque.

 

A empresa aérea deverá reparar o dano da bagagem ou substituir a bagagem por outra equivalente. No caso de violação, uma vez comprovado o dano sofrido, a empresa deverá pagar indenização correspondente ao passageiro.

 
GUIAME