Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 14/06/2014

Órgão municipal tenta coibir colagem de cartaz em postes

25064-2 É comum ver postes e logradouros públicos repletos de cartazes com informações de cursos profissionalizantes, escolas preparatórias para concursos públicos, empresas de empréstimo e, na grande maioria, informações de cartomantes. A prática é proibida, pois se caracteriza poluição visual, mas ainda continua sendo utilizada em Feira de Santana.

 

No combate a atitude dos insistentes, a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam) vem tomando as providências necessárias para diminuir o índice de poluição visual nas ruas e avenidas do município. Advertências, autos de infração e multas foram emitidas para os infratores, que devem se adequar as normas da legislação ambiental.

 

“A nossa maior dificuldade é em relação as cartomantes. Muitos vezes temos que nos passar por clientes para chegar até o endereço dessas pessoas. Como não são pessoas físicas – empresas – a localização dos infratores é dificultada. Mas quando encontramos nos notificamos e multamos quem insiste”, ressaltou o fiscal da Semmam, Ricardo Leite.

 

Além das medidas administrativas os agentes vêm trabalhando no cotidiano para amenizar o impacto visual que os cartazes trazem para a cidade. Com espátulas e água, funcionários realizam a retirada dos materiais colados ilegalmente. O apoio da Guarda Municipal também é fundamental. Eles atuam durante a noite, coibindo a ação dessas pessoas, que utilizam esse horário para evitarem ser pegos em flagrante.

 

Nos próximos dias a vara de Meio Ambiente do Ministério Público deverá convocar os infratores para responder o inquérito civil sobre o assunto. Muitos deles já foram multados duas vezes pela Semmam. A multa inicial é de R$ 3 mil e a recorrência reflete na cobrança em dobro do primeiro valor.

 

Com informações da Secom/PMFS