Notícias

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 03/08/2017

Pais estão otimistas quanto a projeto de melhoria do trânsito em frente as escolas

Pais de alunos e a direção do Colégio Padre Ovídio estão otimistas em melhorar o tráfego da área em frente a escola, na avenida Senhor dos Passos, através do Via Livre, projeto da Superintendência Municipal de Trânsito que começa a ser executado nesta quinta-feira, 3. A diretora do colégio, Irmã Maria Salete Santos, diz que a proposta vai representar uma “grande ajuda” para minorar o problema do trânsito na região, além de uma oportunidade para formar cidadãos conscientes. A experiência será aplicada, posteriormente, em outras unidades de ensino.

 

O Padre Ovídio funcionará como piloto dessa experiência da SMT. Somente no turno da manhã, cerca de 600 veículos circulam na porta do colégio, enquanto que no turno da tarde, são cerca de 300 veículos. Durante 70 dias, foram realizados estudos e reuniões com pais de alunos e diretoria do estabelecimento, com o objetivo de elaborar o projeto junto aos engenheiros da autarquia. Além das mudanças propostas pela Superintendência na área sob influência do colégio (confira a matéria), também foram feitas modificações internas em sua estrutura.

 

Para Fernanda Lima, mãe de um aluno do colégio, o trânsito daquela região como está hoje prejudica a todos. “A Educação no trânsito precisa começar na escola. Pedimos aos pais que acolham o projeto com otimismo, pois acreditamos que ele só trará benefícios. Sei que colaboramos para o travamento do trânsito e eu mesma já me atrasei para chegar ao trabalho por conta disso. No início fiquei preocupada com relação à segurança das crianças, mas após entender melhor o projeto, acredito que será um sucesso”, avalia.

 

Mãe de um aluno do Ensino Fundamental I, Renata Pinto, o projeto será uma oportunidade de mudar “um hábito antigo e ruim”, até como exemplo para as crianças. Mas alertou que será preciso ter confiança nos agentes. “Temos aquela impressão de que os agentes apenas fiscalizam e punem, mas hoje percebo que estão buscando melhorar e trazer estas melhorias para nós também e, por isso, acredito que será muito bom para todos, desde que todos colaborem”, acredita.

 

O superintendente de Trânsito, Maurício Carvalho, adverte que é preciso a consciência de que o projeto necessita contar com a colaboração de toda a comunidade: “O trabalho é de todos, é contínuo. Precisamos da compreensão de todos quanto às mudanças; nosso papel além de promover a educação, também é fazer valer o Código Nacional de Trânsito”.

 

Portal Cidade Gospel