Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 06/04/2018

Palestinos e soldados israelenses voltam a ser enfrentar em Gaza

Manifestantes palestinos e soldados israelenses voltaram a se enfrentar nesta sexta-feira (6) perto do muro fronteiriço que separa a Faixa de Gaza e Israel. A autoridade responsável pelo departamento de saúde de Gaza afirmou que 40 pessoas ficaram feridas – cinco gravemente, de acordo com a Associated Press.

 

Na semana passada, 19 manifestantes palestinos foram mortos a tiros em outros confrontos na mesma região.Os palestinos incendiaram pneus e lançaram pedras nos soldados israelenses, que responderam com gás lacrimogêneo e tiros, segundo a France Presse.

 

Uma pessoa teria sido baleada ao leste da cidade de Gaza, segundo um fotógrafo da AFP, mas não se sabe qual é seu estado de saúde.Centenas de palestinos se reuniram em diferentes lugares ao longo da fronteira de Gaza.

 

O protesto palestino, que consiste em seis semanas de manifestações diante do muro fronteiriço, foi convocada pela sociedade civil para exigir o “direito de retorno” dos refugiados palestinos e para denunciar o rígido bloqueio imposto por Israel em Gaza.

 

Na quinta-feira (5), Israel advertiu que os tiros de advertência aplicados na fronteira com a Faixa de Gaza nas manifestações de 30 de março continuarão sendo os mesmos para os novos protestos desta sexta.

 

Na sexta (30), confrontos deixaram 19 mortos e mais de 1,1 mil palestinos feridos. O Exército israelense afirmou que o conflito começou quando palestinos se aproximaram da cerca na fronteira de Israel. O Ministério de Saúde de Gaza, por sua vez, culpou soldados israelenses por atirar em dois agricultores palestinos de Khan Yunis, matando um deles.

 

 

VERDADE GOSPEL- Foto AFP