Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 17/05/2018

Papa Francisco revela que tem refletido sobre sua hora de se “retirar” da função

Um comentário enigmático do papa Francisco na última terça-feira, 15 de maio, sobre suas reflexões sobre a hora de se “despedir” do pontificado gerou especulações sobre a possibilidade de que ele repita os passos de Bento XVI e se aposente da função de liderança da Igreja Católica.

 

Segundo informações da emissora Fox News, Francisco fez as declarações durante sua homilia matinal e, como é normal, o Vaticano não divulgou o texto completo, mas apenas selecionou trechos.

 

De acordo com o relato da agência Associated Press, o papa fazia uma reflexão sobre uma passagem bíblica do apóstolo Paulo, discernindo quando era hora de deixar seu rebanho aos cuidados dos outros, quando falou sobre seus pensamentos a respeito do assunto.

 

Para o Papa, essa é uma uma decisão que todos os bispos devem tomar em algum momento: “Quando leio isso, penso em mim mesmo, porque sou bispo e vou ter que me despedir”, disse Francisco, segundo os trechos citados pelo Vaticano na nota.

 

O papa acrescentou que os bispos não deveriam considerar sua vocação como “escalada em uma carreira eclesiástica”. Em vez disso, ele lembrou que eles são pastores que cuidam de um rebanho, e que em um determinado momento chegará a hora de entregar o rebanho a outra pessoa. “Eu penso sobre os bispos, de todos os bispos. Que o senhor dê a graça a todos nós para podermos nos retirar desta maneira, com este espírito e força”, disse ele.

 

O líder católico já havia dito, em 2014, que devido aos seus problemas de saúde, tinha perspectiva de viver apenas mais “dois ou três anos“. A afirmação, feita logo após sua viagem à Coreia do Sul, chamou atenção dos fiéis da igreja romana.

 

O papa também já havia pontuado queseu antecessor, o papa Bento XVI, “abriu a porta” para que seus sucessores se aposentassem. “Há 60 anos, era praticamente impossível um bispo católico se aposentar, mas hoje em dia é comum”, comentou Francisco sobre a situação. Bento XVI foi o primeiro em 600 anos a se afastar do pontificado.

 

Agora, aos 81 anos, o papa Francisco gera especulações sobre a possível aposentadoria. No entanto, outros analistas especializados em notícias do Vaticano acreditam que o pontífice possa ter enviado um recado claro aos bispos chilenos envolvidos em denúncias de abusos sexuais.

 

 

Gospel +