Notícias do Mundo Gospel

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 05/06/2014

Papa ironiza casais que preferem animais de estimação a filhos

10365789_716401698401455_6111527186208580456_nNesta segunda-feira (02) o papa Francisco ironizou os casais que optam por não ter filhos preferindo animais de estimação. Segundo a Rádio Vaticano a crítica foi feita durante uma missa celebrada na residência de Santa Marta.

Participavam da missa casais que comemoravam 25, 50 ou 60 anos de casamento. O pontífice citou três pilares para um autêntico casamento cristão: a fidelidade, a perseverança e a fertilidade.
“Estes casais que não querem ter filhos (…) esta cultura do bem-estar econômico que, há dez anos, os convenceu de que ‘é melhor não ter filhos’. Como é melhor?!”, disse Jorge Bergoglio.
O papa tem se mostrado aberto a algumas reformas da igreja, porém defende com veemência alguns costumes tradicionais da família cristã. No discurso Francisco lembrou que na velhice muitos casais sem filhos sentem solidão.

 

“Ah, claro, desta forma você pode ver o mundo, sair de férias, ter uma casa no campo, ficar tranquilo. Isso é, sem dúvida, melhor, mais conveniente, ter um pequeno cão, dois gatos…”, ironizou.
“Não é verdade?”, perguntou à multidão. Mas, “no final, esses casais chegam à velhice, na amargura da iníqua solidão”. No entanto, não é “isso o que Jesus fez com a sua Igreja: ela o fez fecunda”, afirmou.
Francisco tem chamado a atenção de líderes religiosos do mundo todo por conta de seus sermões. Recentemente, Francisco afirmou que não existe cristãos sem igreja.

 

Na missa celebrada na manhã de segunda-feira, o pontífice também falou que a fidelidade é como uma luz sobre o casamento, acrescentando que “a vida conjugal deve ser perseverante”.
“Todas as manhãs, o marido e a esposa acordam com perseverança e foco para levar suas famílias”, concluiu o papa argentino.

 

Gospel Prime