Destaques

Portal Cidade Gospel | Redação | Publicado em 16/07/2014

Pastor Marco Feliciano diz que novela Em Família fracassou porque a população “não suporta ver a família ser destruída”

Foto - Divulgação

Foto – Divulgação

O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) criticou a novela Em Família, exibida pela TV Globo, e seu autor, Manoel Carlos. No Twitter, Feliciano afirmou que a população “não suporta mais ver a imagem família tradicional ser desconstruída, desmerecida, arruinada”.

 

Os comentários do pastor Marco Feliciano tinham como contexto uma entrevista de Manoel Carlos ao jornal O Estado de S. Paulo, quando o veterano autor culpou a imprensa pela baixa audiência da novela, que bateu o recorde negativo dos folhetins da Globo no horário das 21h00.

 

Nessa entrevista, Manoel Carlos afirma também que o estilo de novela que os telespectadores esperam é muito diferente do que ele se habituou a escrever e ainda acusou parte da população de ser machista, por protestar contra o beijo gay entre duas mulheres exibido em seu atual folhetim, Em Família.

 

Para o pastor Feliciano, as falas de Manoel Carlos omitem uma postura da população, que estaria reprovando a “desconstrução da família tradicional”.

 

“Fiquei consternado ao ler o competente dramaturgo Manoel Carlos, 81 anos, autor de EM FAMÍLIA culpar o fracasso de audiência de seu folhetim na imprensa conservadora (Onde? Em que país?) e pior, acusar de misoginia os telespectadores. Não seria mais humilde e verdadeiro entender que a população família desta nação esta dando um recado aos ‘progressistas de plantão’? A imprensa pouco notificou que a última edição do BBB também sofreu amargamente derrota histórica em audiência para o programa Silvio Santos. Lembrando que Silvio Santos tem mais de 80 anos e usa a mesma receita há 50, e o BBB com moças/os bombados, regados a álcool e nudez/sexo. Tenho a honra de ter sido o responsável pela discussão neste país sobre família, liberdade de expressão, etc. Eis aí o resultado”, escreveu o pastor em seu perfil no Twitter.

 

Política nas igrejas

 

Também no Twitter, o pastor Marco Feliciano afirmou que muitos deputados evangélicos têm feito pressão nas igrejas do interior do estado de São Paulo para cancelarem os eventos em que ele foi convidado, por conta do início da campanha política.

 

“Tenho caminhado no Estado de SP e vendo o fruto do trabalho que desenvolvi com a ajuda de Deus, família, equipe de trabalho e a oração da igreja. Em alguns lugares as agendas estão sendo desmarcadas sob ordem de dep. federais evangélicos que temem perder apoio e votos pra mim. Eu sinto muito por isso. Não tenho culpa de ter focado no trabalho que prometi desenvolver quando fui eleito e cumpri. O que planta colhe! Os cristãos entenderam que não basta votar em cristãos, mas que é preciso votar em cristãos que não se envergonhem do evangelho e que tenham coragem. Peço oração e apoio a todos os cristãos do estado de São Paulo para continuar minha luta em defesa da família”, afirmou o pastor.

 

Gospel  +